De volta aos trilhos

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


  Em 1997, no governo de Fernando Henrique Cardoso, a ferrovia foi privatizada, e alguns anos depois, a estação, antes terminal, de Paranabiacaba foi deixada de lado "provisóriamente" para reformas que nunca aconteceram.  

  Hoje, essas reformas não são mais necessarias, pois o "Modo Operandis" dos tens funcionam de maneira diferente, precisando agora, somente do maquinista. Como prova disso, os trens de carga e ainda, o turístico que funciona em apenas determidados fins de semana, funcionam. 

  Mas as familias que lá vivem precisam usar carros para tudo, seja fazer compras ou ir no médico, enquanto não cunstaria nada o trem votar a circular apenas uma estação a mais Não é mais segredo que trens e Metrô são os meios de transporte menos poluentes (perdendo apenas para bicicleta) e um dos mais da baratos. 

  O estado, talvez pela economia rodoviária não tem interesse em estender essa linha até a estação, mas nós temos, por mais facilidade de locomoção para as familias de lá e a economia turística do local que está ameaçado. 



Hoje: Isabela está contando com você!

Isabela Câmara precisa do seu apoio na petição «CPTM: De volta aos trilhos». Junte-se agora a Isabela e mais 41 apoiadores.