Pela Obrigatoriedade da Disciplina de Psicologia Analítica na Psicologia da UNIFOR

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


Nós, integrantes do Movimento Espiral, como entidade de movimento estudantil de Psicologia Analítica dos estudantes da UNIFOR, viemos por meio desse abaixo-assinado, reunir o máximo de assinaturas possíveis pelo contexto e objetivo que será explicado a seguir.


Somos um movimento integrado por estudantes de Psicologia cujo principal intuito é o de estudar, aprofundar e promover eventos e palestras a respeito da Psicologia Analítica (teoria do psiquiatra Carl Gustav Jung) dentro da universidade. Oferecemos três grupo de estudos, com média de 10 participantes por grupo e também neste semestre promovemos duas palestras e dois eventos de exibição de filme, "Curta Jung", que totalizaram 400 pessoas. A disciplina de Psicologia Analítica optativa na UNIFOR já angariou turmas por 4 semestres consecutivos e há dois laboratórios de pesquisa que trabalham com psicologia analítica, sendo o OTIUM vinculado à Pós Graduação de Psicologia, e o MITHO, vinculado à Pós Graduação em Audiovisual.


Em vista disso, objetivamos a democratização do ensino das mais diversas vertentes e abordagens da Psicologia no ambiente acadêmico. Assim, atualmente, a grade curricular do curso de Psicologia está passando por uma reforma curricular e nos mobilizamos a fim de, por meio desse documento, conseguirmos a integração da disciplina de Psicologia Analítica na grade curricular obrigatória do curso. Há monografias e estagiários em clínica que seguem este caminho e tal disciplina seria fundamental para dar suporte a tantos estudos já feitos e por vir.


Dessa forma, pedimos o apoio e a colaboração daqueles que compartilham dessa visão e que se mobilizam a respeito da importância de termos em nossa grade de estudos um leque mais variado de abordagens para um conhecimento, cada vez mais minucioso, da ciência pela qual compartilhamos o estudo, a Psicologia, à qual a Psicologia Analítica com seus estudos sobre a profundidade da psique, por exemplo, a partir das teorias do inconsciente coletivo e dos símbolos tem muito a nos oferecer.

Abaixo assinamos pela necessidade de olharmos através deste ponto de vista que tanto nos toca e mobiliza,