Exigimos autonomia nas ações de permacultura na comunidade do Saint Moritz

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


O coletivo Horta di Gueto atua desde 2012 com ações de educação ambiental, permacultura e intervenções que visam promover autonomia na comunidade de Taboão da Serra – SP, através do protagonismo da juventude cuidando de espaços públicos de convivência.

A pracinha do Saint Moritz (Madre Tereza de Calcutá) é um local que já recebeu várias ações de revitalização por parte do coletivo. Os mutirões de plantios, manejo da compostagem, intervenções artísticas e culturais fazem hoje dessa praça um ponto de encontro de jovens, famílias e crianças.

Acreditamos que durante os mutirões criamos conexões entre as pessoas e de pertencimento ao território, que se torna mais cheio de significados, mais frequentados e seguros.

Oficializamos (02/fev/2018) os eventos mensais da praça no gabinete do vereador Cido da Yafarma dando ciência da retomada dos plantios e construção da composteira, além da feira agroecológica, pinturas e grafites.

Porém, sem nenhuma comunicação, dia 27/03/2018 a prefeitura removeu a composteira e realizou poda drástica em todas as árvores e só não retiraram os canteiros graças à intervenção dos moradores.  A desculpa foi limpeza para teatro da semana santa... 

Observamos com preocupação as ações autoritárias por parte do poder público com o objetivo de desencorajar iniciativas comunitárias.

Os nomes abaixo assinados reconhecem e apoiam o trabalho do Horta di Gueto e exigem que todas as futuras intromissões da prefeitura sejam dialogadas com o coletivo e comunidade local. Da mesma forma que as podas drásticas que deixaram nossa praça sem sombra sejam esclarecidas.    



Hoje: Maria Eudóxia está contando com você!

Maria Eudóxia Pilotto de Carvalho precisa do seu apoio na petição «contato@camarataboao.sp.gov.br: Exigimos autonomia nas ações de permacultura na comunidade do Saint Moritz». Junte-se agora a Maria Eudóxia e mais 981 apoiadores.