Quem tem mais valor?... Bandido ou cidadão de bem?

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Enquanto TODOS os meses o Ministério Público visitas os presídios, dando benefícios e regalias à população carcerária, nossos idosos estão totalmente abandonados nos asilos.

Os cidadãos de bem morrem nos corredores dos hospitais, a espera de atendimento, sem que ninguém faça nada por eles. O mesmo ocorre com as nossas crianças.

Nossas escolas, cada vez mais precárias e sem perspectiva.

Enquanto isso, os bandidos usam o Ministério Público e os direitos humanos.

O Ministério Público dá toda a assistência aos presidiários e esquece de cumprir com as suas obrigações que decorrem da Constituição Federal:

Art. 129. São funções institucionais do Ministério Público:

[...]

II - zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados nesta Constituição, promovendo as medidas necessárias a sua garantia;

Precisamos que o Ministério Público, assim como já faz com os presídios, visite TODOS OS MESES os:

Hospitais públicos (artigos 23, II, e 197, ambos da CF);

Postos de atendimentos médicos (artigos 23, II, e 197, ambos da CF);

Creches (artigo 6º, em equiparação ao 197, ambos da CF);

Escolas públicas (artigo 6º, em equiparação ao 197, ambos da CF);

Orfanatos (artigo 6º, em equiparação ao 197, ambos da CF); e

Lar para idosos (artigo 6º, em equiparação ao 197, ambos da CF).

Desta forma, conseguiremos mudar essa triste situação de abandono na qual se encontra a população brasileira que trabalha (ou quer trabalhar) e obedece às leis em nosso País.

Não estamos pedindo nada além do que a nossa Constituição já determina.

Se você quer um País melhor, assine esta petição e lute com a gente por justiça!

UNIDOS

POR

JUSTIÇA



Hoje: Douglas está contando com você!

Douglas Júnior precisa do seu apoio na petição «Conselho Nacional do Ministério Público: Quem tem mais valor?... Bandido ou cidadão de bem?». Junte-se agora a Douglas e mais 71 apoiadores.