Queremos a CASSAÇÃO do CRMV do veterinário no caso de Rinhas com PITBULLS em Mairiporã.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500.000!


Queremos a CASSAÇÃO do CRMV do veterinário no caso de Rinhas com pitbulls em Mairiporã!

1. Como cidadã revoltada com as imagens divulgadas da crueldade e assassinato dos animais, é inconcebível que esse veterinário continue com licença do CRMV ... 


2. Preceitua crime previsto pela Lei Federal nº 9.605/98.


3. Ainda: A Resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) nº 1.236/18, o profissional que comete ou é conivente com atos de crueldade, abuso e maus-tratos aos animais deve responder por falta ética-profissional. O Conselho enfatiza ainda que a resolução é clara em seu texto quanto ao dever do médico-veterinário de prevenir e evitar quaisquer atos que configurem maus-tratos.
4. Foi divulgado pelo site https://www.crmvsp.gov.br/site/noticia_ver.php?id_noticia=7182 que o Veterinário tem registro no Amazonas ... Para tanto queremos o posicionamento do CRMV do Amazonas para verificar a veracidade deste nome,  tão logo verificada, Tome medidas urgentes!
5. Comprovado que o Veterinário tenha seu registro no estado do Amazonas; Queremos que o CRMV do Amazonas casse imediatamente a licença desse sujeito! POIS segundo a reportagem

“O veterinário aplicava medicamentos nos cachorros para que eles tivessem condições de voltar para a briga. Foram apreendidos também no local estimulantes para aumentar a agressividade do animal.”

6. Matéria completa está no site abaixo


https://www.google.com.br/amp/s/noticias.r7.com/sao-paulo/medico-veterinario-e-pm-estao-entre-os-presos-em-rinha-em-sp-16122019%3famp

Conto com a sua assinatura...

AUTORES DO ABAIXO ASSINANDO:

Dayane D. G Miyasaki 

Patrick Ignaszevski

 



Hoje: Durcila está contando com você!

Durcila Costa precisa do seu apoio na petição «Conselho Federal de Medicina Veterinária : Queremos a CASSAÇÃO do CRMV do veterinário no caso de Rinhas com PITBULLS em Mairiporã.». Junte-se agora a Durcila e mais 404.705 apoiadores.