Espíritas pela vida, contra a Reforma da Previdência

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


Na Questão 685 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, indaga: “O ser humano tem direito ao repouso na sua velhice?” A resposta é límpida e direta: “— Sim, pois não está obrigado a nada, senão na proporção de suas forças.” O Governo Temer, no entanto, quer impor aos trabalhadores brasileiros uma Reforma que os obriga a continuar trabalhando mesmo após ultrapassar o limite das suas forças.

Como se a indagação fosse guardada no tempo para ser feita nos dias de hoje, Kardec questiona: “Que pensar dos que abusam da autoridade para impor aos seus inferiores um excesso de trabalho? Resposta: É uma das piores ações. Todo homem que tem o poder de dirigir é responsável pelo excesso de trabalho que impõe aos seus inferiores, porque transgride a lei de Deus.”(684)

Em seu comentário da Questão 685, Allan Kardec ressalta outro detalhe essencial: o direito ao emprego. “Não basta dizer ao homem que ele deve trabalhar, é necessário também que o que vive do seu trabalho encontre ocupação, e isso nem sempre acontece. Quando a falta de trabalho se generaliza, toma as proporções de um flagelo, como a escassez.”, diz o mestre de Lion.

O alerta de Allan Kardec é atualíssimo! Se o número de desempregados no Brasil hoje beira os 14 milhões, pessoas já sem a totalidade de suas forças seriam obrigadas a competir com os mais jovens, numa busca desesperada por um trabalho. A injustiça se transforma então em crueldade.

Diante disso, nós Espíritas abaixo assinados, denunciamos a Reforma da Previdência do governo Temer enquanto um atentado à vida, primeiro direito natural de todos os seres humanos. Exigimos dos que fazem o Congresso Nacional sua rejeição total. Que seu conteúdo sirva doravante apenas como registro histórico do dia em que um governo atentou contra ao direito à vida da maioria absoluta dos brasileiros.



Hoje: Consciência está contando com você!

Consciência Ampliada precisa do seu apoio na petição «Congresso Nacional: Espíritas pela vida, contra a Reforma da Previdência». Junte-se agora a Consciência e mais 167 apoiadores.