Eleições brasileiras sem utilização de urnas eletrônicas

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A urna eletrônica foi desenvolvida no Brasil, criada para agilizar e dar mais segurança ao nosso processo eleitoral.

Porém que garantia temos que a urna faça uma correta captação e contabilização dos votos? Como garantir que os eleitores que justificaram o voto não tiveram o voto computado na urna?

Por conta da descrença dos legisladores brasileiros, foi aprovado, para ser usado, o voto impresso na urna eletrônica, como se isso viesse a resolver todos os efeitos maléficos das urnas eletrônicas. Isso não é a solução para resolver tamanha fragilidade e interferência das urnas eletrônicas na nossa democracia.

A sociedade não pode permitir que as eleições sejam privatizadas e o ato de votar seja processado por urnas eletrônicas. Foi assim que a Alemanha considerou o voto eletrônico inconstitucional e outros países aboliram esse tipo de voto, a exemplo da Holanda. O Paraguai também rejeitou o uso das urnas eletrônicas brasileiras. O que é orgulho de alguns brasileiros, é rejeitado no resto do mundo! As urnas não fraudam, mas podem ser levadas a isso por seus controladores.



Hoje: Ingryd está contando com você!

Ingryd Pinheiro precisa do seu apoio na petição «Congresso Nacional: Eleições brasileiras sem utilização de urnas eletrônicas». Junte-se agora a Ingryd e mais 54 apoiadores.