Petition Closed
Petitioning Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género

Posição pública relativa ao vídeo do portal de eventos “Vai Bater!”


Num vídeo do anúncio publicitário de uma plataforma de eventos chamada “Vai Bater” - http://www.youtube.com/watch?v=KUggGdFAhUM - um casal, (Mónica Sofia e Rubim Fonseca), está numa cama, numa situação aparentemente romântica.

Mónica aproxima-se de Rubim e tenta chamar-lhe à atenção com beijos e carinho. Este começa por ignorá-la, até que se vira para Mónica e a agride com uma cabeçada tal que ela desmaia. Esta cena de agressão é repetida três vezes. Depois, Rubim prepara-se para sair para "a noite", como se nada se tivesse passado.

A divulgação de um anúncio publicitário que se baseia na violência doméstica e de género é gravíssima. Em Portugal persiste o drama da violência doméstica, só em 2011 houve 14508 queixas de violência doméstica à PSP / GNR. Dezenas de mulheres foram mortas como resultado desta violência. Isto, para além dos muitos mais casos não conhecidos, as vitimas silenciosas.

É inadmissível que a violência sirva para promover e publicitar qualquer bem ou serviço. Assim, pretendemos que a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género tome uma posição politica e pública sobre o anúncio em causa, rejeitando práticas publicitárias deste tipo, e contribuindo assim para uma sociedade menos violenta, mais justa e igualitária.

_______



Carta da UMAR à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género: https://www.facebook.com/notes/umar-uni%C3%A3o-de-mulheres-alternativa-e-resposta/carta-de-den%C3%BAncia-de-um-an%C3%BAncio-publicit%C3%A1rio-vai-bater-wwwvaibaterpt/10150849120048616  

Letter to
Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género
I just signed the following petition addressed to: Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

----------------

Posição pública relativa ao vídeo do portal de eventos “Vai Bater!”


Num vídeo do anúncio publicitário de uma plataforma de eventos chamada “Vai Bater” - http://www.youtube.com/watch?v=KUggGdFAhUM - um casal, (Mónica Sofia e Rubim Fonseca, conhecidos manequins nacionais), está numa cama


Mónica aproxima-se de Rubim e tenta chamar-lhe à atenção com beijos e caricias. Este começa por ignorá-la, concentrado no seu iPad, até que se vira para Mónica e a agride com uma cabeçada tal que ela desmaia. Esta cena de agressão é repetida três vezes. Depois, Rubim prepara-se para sair para "a noite", como se nada se tivesse passado.


A divulgação de um anúncio publicitário que se baseia na violência doméstica e de género é gravíssima. Em Portugal persiste o drama da violência doméstica, só em 2011 houve 14508 queixas de violência doméstica à PSP / GNR. Dezenas de mulheres foram mortas como resultado desta violência. Isto, para além dos muitos mais casos não conhecidos, as vitimas silenciosas.


É inadmissível que a violência sirva para promover e publicitar qualquer bem ou serviço. Assim, pretendemos que a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género tome uma posição politica e pública sobre o anúncio em causa, rejeitando práticas publicitárias deste tipo, e contribuindo assim para uma sociedade menos violenta, mais justa e igualitária.


----------------

Sincerely,