Sensibilidade Econômica Colégios Albert Sabin e Vital Brazil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Abaixo assinado para sensibilizar os Colégios Albert Sabin e Vital Brazil face ao comunicado enviado pelos mesmos para todos os pais em 30/03, informando sensibilidade ao momento econômico causado pela COVID-19, mas que não apresentou uma atitude prática em apoio a comunidade.

Com base nos seguintes fatos:

  • O país está em regime de calamidade pública;
  • A comunidade pagante das mensalidades é composta por, em sua maioria, profissionais liberais, microempresários e funcionários de empresas que já foram diretamente afetados pelos últimos episódios;
  • Apesar dos colégios estarem embasados em Norma Técnica, as aulas em casa estão sendo desgastantes para os pais que, além de terem que trabalhar em casa, precisam ajudar os filhos nos estudos diariamente;
  • A economia mundial está em crise e muitas empresas estão renegociando contratos e suspendendo pagamentos;
  • Os Colégios informam que estão "sensíveis" mas não demonstraram nenhuma medida prática e efetiva que demonstre 

Vimos requer que:

  • Para as famílias que não tenham condições mínimas de honrar seus compromissos neste momento, que os colégios posterguem as cobranças e/ou acionem o seguro contratado por desemprego;
  • Para as demais famílias, que os colégios apresentem na prática uma redução temporária de 50% nas mensalidades.

Não é tempo de pensar em lucros enquanto o mundo passa por esta crise sem igual. Será a prova prática de que os colégios estão sim sensíveis ao momento.

Certos de sua atenção e sensibilidade com o real momento que enfrentamos.