Chega de governo burguês! Por um governo socialista e dos trabalhadores!

Chega de governo burguês! Por um governo socialista e dos trabalhadores!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
PSTU Iguatu criou este abaixo-assinado para pressionar Classe trabalhadora e povo pobre iguatuense

Chega de Iguatu ser governada por representantes dos ricos! 

É preciso um governo socialista dos trabalhadores em Iguatu! 

 

Iguatu vem sendo governada por décadas por governantes ligados aos ricos do nosso estado. O compromisso desses 

governantes não é com os trabalhadores e o povo pobre do nosso município. 

Só isso explica o fato de que o Iguatu, que é um dos municípios com maior arrecadação própria no Ceará, tenha 

entrado no período da pandemia sem absolutamente nenhum leito de UTI. Ou o fato ainda da multidão de desempregados, especialmente entre os 

jovens, e a falta de estrutura para os agricultores familiares de o nosso município produzir e escoar suas 

mercadorias. 

O aumento da violência machista, do racismo e da LGBTfobia são outra face dessa mesma moeda e tem se 

espalhado com mais força pelo país incentivado pelo discurso autoritário e preconceituoso do Bolsonaro e sua gang. 

O recente caso do sequestro de três meninas em nossa cidade, que chocou toda região e a forma cruel como foi abordada e tratada pela midia e autoridade locais é um reflexo do aumento dessa 

violência machista que não encontra, em Iguatu, uma estrutura adequada pra ser combatida. 

O prefeito Ednaldo Lavor, assim como os outros que vieram antes dele foram eleitos se comprometendo em ajudar 

aos pobres. Mas a verdade é que entra governo e sai governo e a nossa vida e a situação de Iguatu permanece 

descendo ladeira abaixo. Não foi diferente durante o mandato de Ednaldo Lavor: o maior município da região Centro-Sul(mais de 100.000 habitantes) continua a sofrer com apenas 14% da população com acesso ao saneamento básico; no campo da segurança pública, nossa cidade se envegonha com o 5* lugar em número de estupros em todo o estado; e no terreno do trabalho e emprego são os jovens os mais penalizados com uma taxa de desemprego geral que só vem aumentando, saltando de 9,5% em 2015 para alcançar dois dígitos em 2019, antes mesmo do COVID 19!

É preciso dar um basta nessa situação. E para isso é necessário um governo socialista dos trabalhadores e do povo 

pobre do nosso município, que governe apoiado pelo povo organizado nas comunidades através de Conselhos 

Populares. Um governo radicalmente diferente do que tem sido Ednaldo Lavor e seus antecessores. Mas também, 

por um lado, diferente e oposto diretamente ao genocida Bolsonaro que é o principal responsável pelo aumento do 

desemprego, da miséria e das mais de 120 mil mortes por COVD-19 em nosso país. Por outro lado, oposto também a 

Camilo Santana, que apesar de um discurso mais ”progressista”, tomou medidas muito parecidas com os governos 

federais de Bolsonaro e Temer, como a reforma da previdência estadual e o teto de gastos públicos no estado. 

Iguatu precisa de um governo que, junto com o povo trabalhador do nosso município, construa um plano de obras 

que resolvam problemas estruturais da nossa cidade, ao mesmo tempo que gera emprego. Um governo que tenha 

política para promover uma reforma agrária em nosso município que atenda aos interesses dos pequenos 

agricultores, não do latifúndio. Um governo que tenha política para promover educação, cultura e emprego para a 

nossa juventude. Um governo que tenha uma política real de combate a violência machista e LGBTfóbica. 

Mas isso não será feito com os mesmos representantes dos empresários e dos grupos políticos cearenses que se 

alternam no poder a décadas e mantém o nosso povo nessa situação de penúria. Isso só pode ser feito por um 

governo que não tenha medo de enfrentar os interesses dos poderosos para favorecer os mais pobres. Um 

verdadeiro governo socialista e dos trabalhadores do nosso município. 

O PSTU apresenta nessa eleições a candidatura de Carlos Alves, servidor público do município, com um histórico de 

lutas ao lado dos trabalhadores iguatuenses à prefeitura de Iguatu. E de Santana Ferreira, uma mulher lutadora de 

nossa cidade como vice na chapa para defender esse projeto. 

Venha com a gente construir uma Iguatu para os trabalhadores.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!