Abaixo-assinado encerrado

MANIFESTO A FAVOR DA IMPLANTAÇÃO CICLORROTA SUL ILHABELA

Este abaixo-assinado conseguiu 179 apoiadores!


Nós, abaixo assinados, vimos por meio desse manifesto nos posicionar publicamente favoráveis à implantação de uma ciclo-rrota no Sul da Ilhabela, pois a iniciativa representa um enorme passo em direção a uma cidade mais justa, mais inclusiva e mais democrática.

Em nossa cidade na região sul, encontramos uma grande fonte de tráfego de ciclistas,onde não há ciclovia ou ciclofaixa, na Ilhabela. Todavia há demanda por sinalização por sua presença na via, por possuir um intenso fluxo de ciclistas, sobre tudo trabalhadores, estudantes moradores e turistas que frequentam sobre as praias do Sul da Ilhabela, sendo um dos principais locais de lazer. Levando-se em conta há demanda por segurança dos ciclistas, o baixo custo de implementação e a necessidade de afirmar a bicicleta como meio de transporte, apresentamos como
solução a via compartilhada com bicicletas;  A sinalização atua tanto para indicar aos ciclistas, quanto para torná-las ainda mais seguras, diminuindo a velocidade dos automóveis e estimulando o compartilhamento das vias. As vias sinalizadas indicam a presença e a preferência da bicicleta sobre os demais veículos, como rege o código de trânsito para todas as vias. Portanto, o principal objetivo de uma Ciclorrota é garantir o óbvio, o direito de circulação das bicicletas.

As vias sinalizadas como Ciclorrotas não são caminhos exclusivos para bicicletas, como ciclovias e ciclo faixas. São espaços compartilhados, por isso não há a necessidade de cones, cavaletes, tachões ou outro tipo de separação física. Pela lei, quando não houver ciclovia ou ciclofaixa, a via deve ser compartilhada (art. 58 do Código de Trânsito). Ou seja, bicicletas e carros podem e devem ocupar o mesmo espaço viário. Os veículos maiores devem prezar pela segurança dos menores (art. 29 § 2º),respeitando sua presença na via, seu direito de utilizá-la e a distância mínima de 1,5m ao ultrapassar as bicicletas (art. 201), diminuindo a velocidade ao fazer a ultrapassagem (art. 220 item XIII).

Esta iniciativa vai de encontro com a Lei Federal no 12.587, de 03 de janeiro de 2012, que institui as Diretrizes da Política Nacional da Mobilidade Urbana... “Art. 6o A Política Nacional de Mobilidade Urbana é orientada pelas seguintes diretrizes:...II - prioridade dos modos de transportes não motorizados sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado”

Na decisão de apoiar ou se opor à implantação de ciclorrotas, deve-se pesar os pontos listados neste texto: Porque apoiar a implantação de ciclorrotas. 

Além dos cidadãos que assinam esse documento, subscrevem as entidades abaixo:



Hoje: Renato está contando com você!

Renato Abreu precisa do seu apoio na petição «CICLORROTA ILHABELA». Junte-se agora a Renato e mais 178 apoiadores.