Abaixo-assinado encerrado

RETIREM A POSSIBILIDADE DE CONSULTA ONLINE SOBRE A PROFISSÃO DOS POLICIAIS MILITARES!

Este abaixo-assinado conseguiu 6.398 apoiadores!


Mensagem circulando nas redes sociais:

"Senhores,vamos atentar, pois segundo informações,aconteceu de um taxista ser levado para dentro da favela pois os vagabundos falaram que queriam saquear o mesmo. A sorte que ele realmente é taxista e não constava no sistema como policial. O mesmo relatou que os vagabundos abriram um site para conferir pelo nome dele e realmente no site aparece os dados relativo a profissão e informa os seus rendimentos, entendam bem, é só colocar o nome que constata ou não se a pessoa é policial. Agora além de tomarmos cuidado temos que atentar a essa nova modalidade. O site é www.consultaremuneracao.rj.gov.br"

Já faz tempo que os policiais militares são reféns do medo, muitos tendo que esconder sua profissão, sua farda, para não serem alvo da violência, só pelo fato de serem PMs.

Os filhos não podem comentar com os colegas sobre a profissão de seu pai, o uniforme não pode sequer secar no varal quando o quintal tem vista para a rua.

Hoje os bandidos andam de fuzil e os policiais não andam nem mais armados, para não reagirem e tentarem sobreviver.

Os telefones não podem conter imagens, textos e contatos que remetam à sua profissão, pois os bandidos estão verificando tudo e ameaçando matar caso descubram o policial.

As famílias dos policiais sofrem todos os dias diante do horror que veem na TV e nos jornais:

“Número de policiais mortos no Rio até julho é maior que o de 2016 todo” (http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/07/numero-de-policiais-mortos-no-rio-ate-julho-e-maior-que-o-de-2016-todo.html 

“Mais um PM é morto e chega a 90 o número de policiais assassinados no RJ”  (http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/chega-a-90-o-numero-de-policiais-mortos-no-rj.ghtml

Agora, se não bastasse tudo isso, os policiais que andam sem farda, sem documento militar, desarmados, com telefone “limpo”, podem ser descobertos se o bandido resolver fazer uma simples consulta sobre sua profissão em um site do governo. Somente o nome (não precisa nem estar completo) ou o CPF da pessoa é suficiente para fazer a consulta.

Na atual sociedade que vivemos, infelizmente não podemos ter esse tipo de informação aberta. Por isso pedimos: RETIREM A CONSULTA SOBRE A PROFISSÃO DOS MILITARES DO SITE “www.consultaremuneracao.rj.gov.br



Hoje: Suellen está contando com você!

Suellen Pereira de Freitas precisa do seu apoio na petição «Cel PM Wolney Dias Ferreira: RETIREM A POSSIBILIDADE DE CONSULTA ONLINE SOBRE A PROFISSÃO DOS POLICIAIS MILITARES!». Junte-se agora a Suellen e mais 6.397 apoiadores.