Abaixo-assinado encerrado
Pressionando Prefeitura da Cidade do Recife

Carta ao Prefeito do Recife, Geraldo Júlio

O Recife está em uma encruzilhada. Seu crescimento descontrolado prejudica toda a população. Agora, a escolha não é crescer ou estagnar; é preciso decidir se queremos crescer com qualidade de vida para todos ou crescer destruindo a cidade e segregando as pessoas.

No Conselho de Desenvolvimento Urbano, a sociedade civil é enfraquecida pela aliança entre o governo municipal e o setor imobiliário, que defendem noções ultrapassadas de desenvolvimento.

O projeto Novo Recife, no Cais José Estelita, é um símbolo do problema. Social e urbanisticamente pernicioso, viola várias exigências legais, como a ausência de estudos de impacto. Nos tribunais, duas ações populares e duas ações civis públicas, dos ministérios públicos estadual e federal, denunciam diversas ilegalidades.

É preciso valorizar o centro histórico e uma das mais belas vistas da cidade com verdadeira modernidade: integrando a área às ruas do bairro, à história e à vida da cidade.

Basta de isolar e de temer as ruas! A cidade é lugar de pessoas, de encontros, mistura e convivência. Queremos transporte público de qualidade, calçadas e espaços cheios de vida, com comércio e diversidade social e de uso. Queremos planejamento urbano e participação.

Leia a íntegra da CARTA AO PREFEITO, conheça as ilegalidades do projeto Novo Recife e colabore com as reivindicações por um Recife melhor e mais democrático. Sua assinatura faz a diferença!

Fique por dentro curtindo a fanpage Direitos Urbanos no Facebook.

Este abaixo-assinado foi entregue para:
  • Prefeitura da Cidade do Recife


    Direitos Urbanos | Recife fez este abaixo-assinado do zero e agora já tem 15.819 apoiadores. Faça você também um abaixo-assinado e mude o que você quiser.




    Hoje: Direitos Urbanos | está contando com você!

    Direitos Urbanos | Recife precisa do seu apoio na petição «Carta ao Prefeito do Recife, Geraldo Júlio». Junte-se agora a Direitos Urbanos | e mais 15.818 apoiadores.