Cancelamento do show de Gustavo Bertoni no Festival Bananada

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


O Festival Bananada é um espaço seguro e bem posicionado política e ideologicamente, com uma postura anti-assédio, projetos que promovem igualdade, etc. Nas próprias palavras deles “o Bananada é sobre você, sobre nós e sobre como podemos ser gigantes juntos”, "viver o Festival Bananada é pensar sempre em representatividade, em diversidade, é levantar bandeira contra o racismo e a lgbtfobia, e fazer do nosso encontro uma oportunidade plural de nos tornamos pessoas melhores através da arte" e é exatamente por isso que criamos esse abaixo-assinado. Nós, entusiastas e frequentadores leais do Bananada, não vamos tolerar que nenhum abusador siga com a carreira intacta enquanto diversas mulheres são afetadas por sua conduta misógina, não vamos aceitar que um artista como esse se apresente num festival que tanto a organização quanto o público repudiam e lutam diariamente contra esse tipo de comportamento. Gustavo Bertoni NÃO é bem-vindo!

Para quem não sabe o que aconteceu, a ex-namorada do Gustavo - vocalista da banda Scalene, que está no lineup do Bananada 2019 com seu projeto solo - o expôs no Twitter por ser abusivo, manipulador e ter traído ela durante o relacionamento de vários anos deles. Ao fazer isso, diversas mulheres se juntaram para relatar histórias de traições e experiências de abuso por parte dele, além de assédio físico e psicológico sofridos por elas pelo Gustavo - e outros membros da banda, diga-se de passagem. Após todos os relatos (dezenas deles), torna-se claro que estamos diante de um músico que não representa o Festival Bananada ou qualquer pessoa que se importe minimamente com esse sistema patriarcal que subjuga mulheres todos os dias.
Por favor, se você ainda não o fez, leia as denúncias: https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2019/05/17/por-que-fas-de-scalene-estao-cancelando-a-banda-com-a-hashtag-gusminion.htm