A prefeita quer entregar a cidade à iniciativa privada

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Você quer pagar mais taxas?
Assim como você, ninguém quer pagar mais taxas. Assim como você, muita gente, muita mesmo, não sabe o que é parceria público-privada. Mesmo quem elegeu a prefeita, o fez para que ela administrasse os serviços e as políticas públicas, e não entregasse, de mão beijada, a prefeitura para iniciativa privada. E por que estamos dizendo tudo isso?
Em primeiro lugar, porque há um projeto na Câmara de Vereadores Pelotas que anula uma lei do ex-prefeito Bernardo de Souza que previa a necessidade de plebiscito para privatizar os serviços públicos, fazendo parcerias público-privadas - PPP. A anulação dessa lei, por exemplo, tira de você o direito de dizer se quer isso ou não, se é o melhor pra cidade ou não. Desta forma, basta a prefeita dar um "canetaço" para vender o que quiser sem participação popular.
Mas, afinal, o que é parceria público-privada?
A grosso modo, é quando os serviços públicos são entregues para uma empresa (ou empresas) privada administrar por até 35 anos. Nestes casos, além de serviços mais caros, a população paga por eles e também pelo lucro das empresas. Além disso, na maioria das vezes as empresas que assumem os serviços são de fora da cidade e acabam por levar o nosso dinheiro daqui.
A prefeitura já anunciou que, inicialmente, pretende fazer duas PPPs: a do saneamento e a da iluminação pública. Ao fazê-las, abre-se espaço para que, num segundo momento, outras áreas também sejam privatizadas, como saúde e educação, a exemplo do que vem acontecendo no País com o governo golpista.
Em relação ao saneamento, só pra você ter ideia, a prefeita engavetou um projeto, feito por técnicos do Sanep, que pretende a universalização do saneamento em menos tempo e com economia de R$ 180 milhões aos cofres públicos, em comparação ao estudo apresentado pelas empresas. Mais uma vez, se aprovada PPP, é você quem vai pagar essa diferença!
Quanto à iluminação, será necessário criar uma TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA para realizar a PPP. Essa também é você quem vai pagar.
Se você entendeu a gravidade disso, não deixe que seja aprovado. Fale com o seu (sua) vereador (a), mostre para os vizinhos (as), discuta em sala de aula, na mesa do café, na associação de moradores, em casa, enfim. Não vamos deixar que Pelotas seja vendida.



Hoje: SIMSAPEL está contando com você!

SIMSAPEL Sindicato precisa do seu apoio na petição «Câmara Municipal de Pelotas: A prefeita quer entregar a cidade à iniciativa privada». Junte-se agora a SIMSAPEL e mais 39 apoiadores.