Programação nas Escolas Públicas

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Aos representantes públicos. 



Este abaixo assinado em apoio ao manifesto pela inclusão do tema Programação na grade educacional da cidade de Belo Horizonte. Também pedimos que essa seja uma pauta nas eleições municipais de 2020.

O ensino de programação para crianças e adolescentes valoriza e estimula habilidades como criatividade, autonomia, raciocínio lógico, resolução de problemas e trabalho em equipe. Mais do que ensinar programação, podemos ensinar com programação. Uma grande aliada no ensino de disciplinas básicas como português e matemática. Um suporte no processo de alfabetização ou no entendimento das operações no campo da aritmética.

Um forte potencial do ponto de vista profissional. O excesso de vagas e a ausência de mão de obra qualificada ratificam essa atenção. Até 2024, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, 70 mil profissionais serão demandados ao ano. Hoje o Brasil forma apenas 46 mil pessoas com perfil tecnológico anualmente.

Na perspectiva social, diversos são os exemplos. O curso, premiado internacionalmente, Programando os Sonhos Delas, da Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte, Prodabel, é prova disso. Um projeto que já atendeu e ainda atende milhares de mulheres que mal tinham noções básicas de informática e que hoje fazem da programação sua fonte de renda.

Como construir um novo universo pós-pandêmico sem entender e valorizar o espaço do Programador? Uma inovação que cria um novo modelo e força o anterior a torná-lo fracassado. A linguagem do futuro é a programação.

Assine este abaixo-assinado para sugerir que o Congresso Nacional adicione a disciplina de Programação na grade da rede pública municipal.