Exigir que os deputados reeleitos, que moram em Brasília devolvam o auxílio-mudança que receberam.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


O Deputado Rodrigo Maia, numa demonstração do que há de mais sujo na velha política está comprando votos para sua candidatura à Presidência da Câmara dos Deputados, no Congresso Nacional (o que o coloca como o segundo na sucessão para a Presidência da República) antecipando o pagamento do auxílio-mudança para 505 deputados, incluindo os reeleitos, que já moram em Brasília, no valor equivalente a um salário de R$ 33,7 mil, somando uma despesa de R$ 17 milhões.

Queremos que aqueles que já moram em Brasília devolvam o valor recebido.

Pagamos uma parcela muito grande de nossos ganhos, na forma de taxas, impostos, contribuições, etc. E os deputados não têm o direito de usar o nosso dinheiro para este tipo de festa, para elevar seu ganho, em dezembro para mais de R$ 84 mil, enquanto grande parte de nosso país está desempregada ou passando fome.

Se isto não é ilegal é, de fato, imoral.