Médicos contra o fascismo

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!

Ana Paula Guljor
Ana Paula Guljor assinou este abaixo-assinado

A MEDICINA CONTRA O FASCISMO

A prolongada crise política e econômica que vivemos no Brasil tem levado ao crescimento assustador de posições radicais e intolerantes. A incerteza e o medo têm sido usados ao longo da História por grupos que tentam impor seus interesses à revelia dos direitos e desejos das pessoas e em nosso quadro caótico profissionais do ódio têm tido sucesso em apresentar suas “soluções” como única saída. O candidato contra o qual nos posicionamos tem se colocado de maneira clara e contundente como o homem capaz de impor à sociedade estas “soluções”. Por trás do discurso de “ordem” vimos crescer o fantasma do pior momento do século passado. Da geléia geral de intolerância religiosa, machismo, desprezo pelos despossuídos, racismo, homofobia, defesa de valores “tradicionais” vai se desenhando de maneira cada mais evidente a cara do fascismo. A verdadeira polarização destas eleições não está entre projetos de governo, planos econômicos diversos, partido A contra partido B. A verdadeira polarização está entre a Civilização e o fascismo, e,

O fascista defende a tortura
O fascista defende a violência
O fascista põe a culpa na vítima
O fascista é racista, machista, misógino, homofóbico e só aceita uma religião
O fascista despreza o que é diferente
O fascista não aceita que você fale, apenas que repita.
O fascista não ouve porque já decorou

A prática ética da medicina é incompatível com o conjunto de “valores” defendido pelos fascistas.
Nestas eleições o fascismo tem nome e sobrenome e é contra ele que reunimos um grupo significativo de Profissionais e Estudantes de Medicina de todo o país. São pessoas de diferentes credos, opções pessoais e políticas unidas neste momento com o propósito único de ajudar a afastar do Brasil a sombra nefasta que tenta cobrir nosso país.

O fascismo tem a cara da morte
A Medicina tem a cara da Vida.

(do Código de Ética Médica)

...A Medicina é uma profissão a serviço da saúde do ser humano e da coletividade e será exercida sem discriminação de nenhuma natureza.

...O alvo de toda a atenção do médico é a saúde do ser humano, em benefício da qual deverá agir com o máximo de zelo e o melhor de sua capacidade profissional.

...O médico guardará absoluto respeito pelo ser humano e atuará sempre em seu benefício. Jamais utilizará seus conhecimentos para causar sofrimento físico ou moral, para o extermínio do ser humano ou para permitir e acobertar tentativa contra sua dignidade e integridade.

...O médico não pode, em nenhuma circunstância ou sob nenhum pretexto, renunciar à sua liberdade profissional, nem permitir quaisquer restrições ou imposições que possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho.

...É direito do médico: Exercer a Medicina sem ser discriminado por questões de religião, etnia, sexo, nacionalidade, cor, orientação sexual, idade, condição social, opinião política ou de qualquer outra natureza.

#MedicosContraoFascismo #EleNao