Manifesto aos Republicanos

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Manifesto aos republicanos.

O momento do país é sombrio. Ciro Gomes dizia que a estratégia do PT levaria o país a dançar na beira do abismo. No nosso entender, nesse momento já dançamos na beira do precipício, no passo de uma melodia histérica. Mas essa é uma dança a dois. E é a polarização extremada que nos trouxe para esse momento onde todos olhamos com vertigem para o futuro que nos aguarda.

Não vemos o Partido dos Trabalhadores como uma ameaça. Reconhecemos em seus eleitores e no seu candidato a vontade sincera de um país mais justo. Compartilhamos o amor pelo Brasil e pelo seu povo forte e colorido. É desse amor, dessa vontade, que nasce a força que nos anima na luta diária pela nossa soberania. Da mesma maneira, acreditamos que existam mais coisas que nos unam aos eleitores de Marina , Alckmin, Boulos e Meirelles, do que nos separam. Para além das diferenças nos projetos econômicos e em relação às questões distributivas, estamos todos unidos pelo desejo de um Brasil mais desenvolvido e civilizado.

Constatamos, porém, que existe uma ameaça que extrapola as diferenças político-partidária, e que deve unir a todos nós; a ameaça do obscurantismo. A candidatura que lidera nas pesquisas de intenções de votos se alimenta, e não é segredo para ninguém, da proliferação de notícias falsas, da distorção da realidade e do discurso de ódio em relação às minorias. Mas ela prospera não só por isso. Não se entende a ascensão dessa direita abjeta, ignorante sem compreender a polarização que esta sempre fez com o PT e tudo que ele representa. Bolsonaro cresce junto com o PT, ao ter conseguido, com sucesso, capitalizar o sentimento antipetista que é uma força considerável no atual cenário político.

É nesse antipetismo que vemos a causa de uma impossibilidade de uma aliança, de uma frente republicana, em torno de Fernando Haddad. Esse sentimento foi alimentado pela mídia durante anos, pelo irracionalismo e também pelo desalento sincero em relação ao projeto do Partido dos Trabalhadores, pela revolta e pela necessidade de renovação. Compreendemos que o antipetismo não será apenas um obstáculo a ser superado durante a eleição. Ele seria acirrado em um eventual governo Haddad, assim como o seu polar oposto. Mas existe ainda um agravante: a campanha de Haddad é centrada em torno de Lula e da promessa de um retorno aos tempos prósperos. Mas como alerta Ciro, os próximos anos serão de extrema dificuldade. O candidato que se eleja prometendo o que não poderá cumprir, corre o risco de ter a população contra si rapidamente. Junte isso ao antipetismo e teremos a formação de uma onda de desestabilidade que colocaria o próximo governo sob o risco de nova ruptura. Seria a ocasião perfeita para que o ovo da serpente choque.

Entendemos que qualquer candidato que seja eleito enfrentará problemas de governabilidade. Mas vemos em Ciro um potencial aglutinador mais forte, podendo trazer para seu governo uma ampla base republicana, e potenciais aliados que não aceitariam trabalhar com o PT. Ciro se compromete em colocar as bases de um projeto nacional de desenvolvimento, sensível às reivindicações sociais e identitárias, e que tem o potencial de agregar diferentes setores da sociedade. Não abre mão, entretanto, de enfrentar os privilégios e distorções que historicamente caracterizam a nossa sociedade.

Pedimos aos eleitores dos demais candidatos e a todos que acreditam no ideal republicano, que dêem uma chance a Ciro Gomes. Não apenas pelo seu projeto de Nação, no qual acreditamos, mas também por ser o único que nesse momento pode romper com a espiral do ódio. Estamos criando uma geração de jovens frustrados que buscam em soluções fáceis respostas para questões complexas. O ódio normalmente é o que melhor responde essa desilusão. Assistimos diariamente a declarações que desumanizam o adversário político e a expressão da vontade de eliminar fisicamente o oponente. O Brasil precisa virar a página, aprender com seus erros, e seguir em frente, para um novo capítulo de prosperidade e unidade republicana. Devemos compor uma ampla aliança. Se a sombra do obscurantismo nos ameaça, lutemos contra ela, juntos, empunhando os valores da civilidade.

Assinado,

Leonardo Luchini Fortinho - Cineasta - Blumenau/SC
Edson Ricardo Junior - Médico - Natal/RN
Matheus Vaz Manzke - Formado em História - Blumenau/SC
Guilherme Oderdenge – Desenvolvedor de software - Blumenau/SC
Julian Francisco de Vasconcelos Piran - Arquiteto e Urbanista - Florianópolis/SC



Hoje: Guilherme está contando com você!

Guilherme Oderdenge precisa do seu apoio na petição «Brasil: Manifesto aos Republicanos». Junte-se agora a Guilherme e mais 311 apoiadores.