Carta aberta aos Psicologos e Psicanalistas - Tania Ferreira (Psicologa e Psicanalista)

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Carta aberta aos colegas e amigos psicólogos e demais trabalhadores de saúde mental, psicanalistas, professores, profissionais diversos, artistas, graduandos e pós graduandos.

Nossa profissão exige de nós no dia a dia, reflexões, posicionamentos e intervenções. Não podemos, pois, hoje, véspera de eleição, nos eximirmos de nosso dever ético, tampouco de nossa responsabilidade como formadores, não apenas de opiniões - mais que isso - de humanizadores dos homens. Sabemos que condensamos muita esperança para aqueles que sofrem, que não querem sua exclusão ou segregação e não têm recursos contra isso; para aqueles, ditos diferentes, que não merecem tratamento desigual; aqueles que passam por privações de toda ordem - materiais, libidinais. No passo de nossa função, não cabe nenhum gesto, nenhuma possibilidade de comunhão com pensamentos, ideias, ideologias, doutrinas que não busquem a superação da exclusão em quaisquer de suas vestes; que não trabalhem pelo direito para todos e não, por privilégios para alguns. Havemos de repudiar, combater e buscar abolir toda e qualquer sombra de autoritarismo, ódio, violência. Muitos de nós temos longa trajetória de luta e trabalho pela igualdade de direitos; pelos direitos humanos, por dignidade e respeito ao outro. Num susto, estamos sendo empurrados para a contra mão de tudo que prezamos e que, de algum modo, ajudamos a construir.

Está se erguendo diante de nós o império do espectro fascista que nos aterroriza - a passos largos e em curtíssimo espaço de tempo. Esse "Messias" (não líder) e os que ele representa, tanto menos temperado pelo ideal, torna-se mais obsceno e absoluto. Perigosos. Eles se conduzem por uma falsa moral. Não por uma lei apaziguadora que civiliza, mas por uma lei despótica e enganosa que faz avalanche de valores que nos são caros para vivermos em sociedade, valores de humanidade. Estamos frente a algo mais repugnante ainda: a autorização à barbárie.

Nesse estado de nossa sociedade, a pulsão se vê impelida a revelar, à céu aberto, ainda mais, sua face mortal. O medo cedeu lugar ao fanatismo, ao terror. Tem sido injetada uma cultura não de exclusão, mas de extermínio de minorias; não de mal-estar, mas de horror.

Neste cenário, nós psicólogos, psicanalistas, trabalhadores de Saúde Mental e da educação, artistas e demais profissionais, não podemos nos render. Lutemos! Nunca foi tão urgente, tão premente e tão necessário nosso posicionamento contrário a esse estado de coisas. A overdose do fascismo está prestes a se instituir e se fazer representar por um candidato a presidente de nosso país, caso não lutemos contra tudo isso que deixa o cidadão, o sujeito, cada um de nós cara a cara com a contingência irredutível dos traumatismos e do encontro com o real sem véu, da barbárie, da ignorância, da obscenidade de tais preceitos e ideias, de atos violentos, agora cultivados.

Assim, escrevo a vocês com um voto de esperança e com o desejo de que esse ditador transitório que ora se apresenta seja vencido e rebaixado pela própria cultura que ele produz. Mas isso não vai acontecer sem nosso claro repúdio a essas ideias, sem nossa disposição de esclarecer as pessoas sobre o significado de um voto a esse candidato e ao que ele representa para nós e nossa nação. Ainda tem gente em dúvida, em face do terror que ele espalha e ao que circula na mídia. A hora é essa. Vamos lutar. Deixemos as "sementes para a chuva enternecer"....

Se você concorda e quer se engajar nessa luta, assine comigo esta carta e envie aos colegas e pessoas de sua rede de contatos. ELE NÃO!!! As propostas dele, Não! A ideologia dele, NÃO! O voto ao fascismo, NÃO!

Escolha seu candidato, dentre os outros. Pense, reflita, posicione-se. O terror não passará.!!!

Atenciosamente,

Tânia Ferreira (psicóloga, psicanalista, BH)



Hoje: Tania está contando com você!

Tania Ferreira precisa do seu apoio na petição «Brasil: Carta aberta aos Psicologos e Psicanalistas - Tania Ferreira (Psicologa e Psicanalista)». Junte-se agora a Tania e mais 931 apoiadores.