Ônibus Simões Filho – Mussurunga: Questão de Dignidade

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Os ônibus de Simões Filho p/ Mussurunga

Nós, moradores de Simões Filho, algo em torno de 11 mil dos 118 mil habitantes¹, diariamente temos que nos deslocar para Salvador. Durante anos, apesar de morarmos relativamente mais longe, tínhamos um sistema de transporte mais eficiente que o de Salvador. Somos compreensíveis com necessidades de mudanças que melhorem o trãnsito da nossa capital. Desde que isso no seja equivalente a piora de nosso sistema de transporte, como ocorreu, desde o processo de integração. Trazemos duas questões que nos afligem.
 
1. Temos tido ônibus em horário de rush com intervalo de 45 minutos, pela manhã, e nos fins de semanas há intervalos de até duas horas. Desse modo, as pessoas estão indo e voltando para seus trabalhos em condições terríveis, de aperto. Essa não era nossa realidade antes do metrô. Há uma quantidade importante de pessoas/trabalhadores que precisam retornar o sábado após meio-dia e se perderem o horário de 12h, só o fazem as 14h.
 
Diante disso, pedimos, encarecidamente, uma quantidade maior de ônibus para a linha Simões Filho – Estação Mussurunga. Cremos que a empresa que detém a licitação dessa linha pode dirigir mais ônibus e com maior frequência para estes horários que são das 6 as 8 da manha e das 17h as 19h30. Os ônibus, no retorno a Simões Filho, já saem da Estação cheios e ao completar volta (Mussurunga - Parque de Exposições) não oferecem mais as condições com as que nos acostumamos durantes anos, que eram um pouco mais dignas. Ninguém reconhece o progresso se isso significa diminuição da dignidade.

2. Precisamos interligar nossas linhas diretamente com as de Salvador. Se um trabalhador precisa chegar ao Parque Tecnológico, Pituaçu, São Rafael, Trobogy, o trabalhador  para garantir integração com Salvador tem que passar pelo metrô, apenas ocupando espaço nesse modal por uma ou três estações. Ou seja, fazendo em três etapas, o que antes se fazia em uma ou duas.

Cremos que essa interligação, não ira afetar a qualidade do transito da capital, posto que o metrô para quem realiza longa distancia é um opção muito melhor e não existem ônibus para muitos pontos de Salvador na Estação Mussurunga.

 

¹ Microdado Do Ibge Para 2017 apud Silva*, J.G E Queiroz,  S. N. Cenário Da Mobilidade Pendular Na Região Metropolitana De Salvador (Rms). In: Xiii Encontro De Economia Baiana –, p.6 . Out. 2017.



Hoje: Karina está contando com você!

Karina de Souza Costa precisa do seu apoio na petição «bobo.tavares@gmail.com: Ônibus Simões Filho – Mussurunga: Questão de Dignidade». Junte-se agora a Karina e mais 51 apoiadores.