Pela reabertura da Exposição “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Devido à pressão de movimentos como o MBL, que se auto-intitulam "liberais", foi fechada a exposição “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”.

Dizem que crianças foram expostas a conteúdo que incitava a pedofilia. Eu pessoalmente acredito que a organização deveria ter avisado através de cartazes que a exposição mostrava conteúdo que poderia ofender sensibilidades e que muitos o veriam inadequado para menores de idade. Isso resolveria a questão de forma que pessoas religiosas não fossem "pegas de surpresa" com os filhos menores do lado. Até aí, estamos todos de acordo.

Acredito que nenhum liberal em são consciência defenderia o abuso sexual de crianças e quem o fizer provavelmente precisa de ajuda psiquiátrica ou a prisão. Uma manifestação artística que faça apologia da pedofilia deve ser criticada, sem dúvida nenhuma. Mas para que se saiba que foi isso o que ocorreu, as pessoas têm o direito a visitar a exposição e tirar as próprias conclusões. Esse é o "X" da questão. Uma pessoa não pode decidir pela outra.

O Santander cometeu um erro bem intencionado (ou motivado por questões corporativos, pouco importa) ao fechar a exposição. Isso se explica pelo fato de que o liberalismo ainda não existe de fato no Brasil. Essas ideias avançadas, fruto do Iluminismo, praticamente acabaram de chegar graças as redes sociais e à persistência de algumas organizações e indivíduos.

A filosofia liberal NÃO ENDOSSA a censura. A filosofia liberal defende a liberdade de expressão, inclusive para pessoas que expressam ideias questionáveis. Como bem expressou Stuart Mill, um dos pais do Liberalismo:

"O mal peculiar em silenciar a expressão de uma opinião é que isso rouba a raça humana; a posteridade, bem como a geração existente; e aqueles que discordam da opinião, ainda mais do que aqueles que a defendem. Se a opinião é certa, eles são privados da oportunidade de trocar o erro pela verdade; se errada, eles perdem um benefício tão importante: a percepção mais clara e a mais viva impressão da verdade, produzida por sua colisão com o erro."

Mesmo o conservadorismo brasileiro que forçou o fechamento dessa exposição é um conservadorismo tupiniquin. O conservadorismo britânico jamais defenderia fechar uma exposição por ofender a religião. Como disse o célebre conservador britânico Roger Scrutton ao questionar os que defendiam a criminalização das críticas ao Islã:

"Mas ofender é razão para condenar alguém de um crime? A visão inglesa robusta costumava ser que a resposta correta para palavras ofensivas é ignorá-las ou respondê-las com uma repreensão. Se em último caso invocássemos a lei, seria para proteger aquele que ofende e não aquele que é ofendido."

Nós liberais acreditamos que não se pode ser um liberal político pra si mesmo e um não liberal para outros. Isso é um caso de incoerência pessoal e a filosofia liberal não tem absolutamente nada a ver com as incoerências pessoais das pessoas. Por isso, defendemos a reabertura da exposição  “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”, não por endossar o conteúdo da exposição, mas a liberdade de expressão. Repetimos: não endossamos o conteúdo da exposição, isso é uma questão individual de cada um, o que não pode acontecer é que as pessoas sejam privadas de examinar a exposição e tirar suas próprias conclusões. Ninguém é "pai" de ninguém pra decidir o que adultos devem ou não ver.

AOS ARTISTAS DE TODO O BRASIL

O MBL acaba de envergonhar o movimento liberal ao defender a pauta conservadora do conservadorismo tupiniquim. Aproveitamos para pedir aos artistas que investiguem o que é realmente a Filosofia Liberal, não através de blogs, mas através dos próprios autores liberais, antigos e contemporâneos. Muitas das ações do MBL tem mostrado de forma clara que esse movimento NÃO É um movimento liberal. O liberalismo defende a liberdade de expressão intelectual e artística de todos os seres humanos e é radicalmente CONTRA a censura motivada por uma perseguição supostamente liberal, mas que no fundo esconde motivações alheias a essa filosofia.

AO MBL

Vocês estão usando o nome do Liberalismo para defender a agenda do conservadorismo tupiniquim. Nós liberais, não vamos permitir isso. Estamos de olho em vocês, viu?

- Alexandre Guimarães (cineasta)

 

 

 

 



Hoje: "O Liberalismo é do bem" Site: https://www.facebook.com/O-Liberalismo-%C3%A9-do-Bem-1946795222273144/ está contando com você!

"O Liberalismo é do bem" Site: https://www.facebook.com/O-Liberalismo-%C3%A9-do-Bem-1946795222273144/ precisa do seu apoio na petição «Banco Santander: Pela reabertura da Exposição "Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”». Junte-se agora a "O Liberalismo é do bem" Site: https://www.facebook.com/O-Liberalismo-%C3%A9-do-Bem-1946795222273144/ e mais 53 apoiadores.