Apoiem os blocos afros e afoxés da Bahia!

Apoiem os blocos afros e afoxés da Bahia!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!

Fernando Rafael criou este abaixo-assinado para pressionar Banco Original e

Os blocos afros da Bahia pedem socorro! Dos Filhos de Gandhy, passando pelo Malê de Balê, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Muzenza do Reague, entre outros, eles precisam de ajuda!

Faz uns 2, 3 anos que eu observo a questão de todos os blocos, e eu vi que, de todos (que tem um trabalho no pós-carnaval incrível), somente o Cortejo Afro e o Gandhy tem muito mais apoio (Cortejo Afro por conta do Gilberto Gil e o Expresso 2222 e o Gandhy pela sua tradição cultural). Já o que tá com menos apoio, são o Ilê Aiyê e o Bloco Afro Bankoma, que nesse carnaval, tiveram o recurso do Projeto Ouro Negro (do Governo do Estado da Bahia) negado e se contentaram com o patrocínio do Bahiagás (também do Governo da Bahia).

E por conta da pandemia da COVID-19, diversos blocos podem ano que vem (ou em 2022, caso a pandemia pendure) não ter mais auxílio de bancos, cervejarias ou até mesmo, do estado da Bahia, do município de Salvador e do governo nacional (Desde 2016, não há apoio da Caixa ou da Petrobrás a esses blocos).

Por isso eu peço a ajuda dos bancos digitais e dos aplicativos PicPay e Ame Digital para ajudar esses blocos, atrás da musicalidade deles, tem vocalistas, dançarinos, músicos, que precisam de ajuda.

Apoiem os blocos afros da Bahia e ajudem na difusão de nossa cultura!
A cultura Afro-Brasileira e as comunidades negras da Bahia agradecem!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!