Para mudar o itinerário das linhas 600, 601 e 738 voltando a passar na rodoviária antiga

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Solicitação para retorno de pontos na Visconde e Rodoviária Antiga nas linhas 600 e 601

 A comissão foi formada por milhares de indaiatubanos estarem sendo prejudicados com a radical mudança de itinerário das linhas 600, 601, na qual todos os pontos da rodoviária antiga e avenida Visconde de Indaiatuba foram transferidos para a Rodovia Santos Dumont.

Vale ressaltar que não apenas usuários das linhas do circular intermunicipal entre Campinas e Indaiatuba estão presentes nessa solicitação, mas também usuários das linhas 951 entre Jundiaí e Indaiatuba, e 738 entre Indaiatuba e Vinhedo, passando pelo aeroporto.

Essa radical e brusca mudança que aconteceu durante apenas 1 semana de aviso aos usuários do circular intermunicipal, o que pegou seus milhares de usuários desprevenidos.

O grande problema desse itinerário é a transferência dos pontos de ônibus para a Rodovia Santos Dummont, a qual não oferece nenhuma infraestrutura para esse fim. Na rodovia o cidadão fica mais sujeito às ações da natureza, tal como chuva, sol e vento, em função do espaço ser mais aberto e de não ter nenhum lugar para o usuário se proteger de uma eventual chuva, tal como ocorria na Visconde de Indaiatuba.

A situação piora a noite, pois os usuários se sentem desprotegidos em muitos pontos da Rodovia, sem qualquer tipo de iluminação, e passarelas que ligam a rodovia com as Avenidas Presidente Vargas, Visconde de Indaiatuba e Itaici. Com o cidadão mais exposto na rodovia mal iluminada, a Comissão considera alto risco de assaltos e outros crimes tendo como alvo os usuários do transporte público.

Além disso, há o agravante do cidadão ter que utilizar o acostamento para se deslocar entre a Rodovia e avenida Visconde de Indaiatuba. O caso é mais grave no ponto da entrada da Presidente Vargas, que é inexistente o acostamento e iluminação. Vale ressaltar que estas são vias pensadas somente para veículos, não para o transporte de pessoas. Por isso, a Comissão considera perigoso e com alto grau de risco de atropelamento dos usuários do transporte público que necessitam desembarcar na região.

Também há questão dos horários da linha 601 e 738, pois alguns usuários da linha têm reclamado que com a mudança, e a necessidade de se deslocar até a nova rodoviária, os trabalhadores não têm conseguido chegar até o aeroporto às 06 da manhã para iniciar sua jornada de trabalho. Já que os ônibus do transporte municipal começam sua prestação de serviço às 05 da manhã.

Nesse ponto da necessidade de utilizar o transporte municipal, há uma questão importante, pois nem todos os empregadores ofertam um Vale Transporte suficiente para o cidadão cobrir esse custo maior no seu deslocamento entre sua residência e trabalho.

Por fim, a Comissão pede ao senhor Prefeito e todas as autoridades competentes para que estejam abertas e solidárias nas preocupações e sofrimentos dos usuários que utilizam essas linhas todos os dias para trabalhar e estudar nas cidades ao redor de Indaiatuba.

 

Propostas de Solução do Problema:

1-    Ponto na Rodoviária Antiga: Vários ônibus como as linhas de Salto e Monte Mor ainda embarcam e desembarcam seus passageiros na região. A situação poderia se repetir nas linhas 600,601,738 e 951, antes dos ônibus se deslocar até a Rodoviária Nova. Vale lembrar que a garagem da concessionária de transporte coletivo é próxima a Rodoviária antiga, e poderia muito embarcar os passageiros antes de chegar a Rodoviária Nova

2-    Pontos na cidade de Indaiatuba:  O itinerário das linhas 600,601,738 e 951 teriam uma pequena mudança ao entrar na Avenida Presidente Vargas, passando próximo a rodoviária antiga e posteriormente sair pela Rodovia Visconde de Indaiatuba. Essa é só uma sugestão para que os usuários pelo menos tenham alguns pontos na cidade, o itinerário pode ser outro e acordado entre a Prefeitura, EMTU e os usuários do circular intermunicipal.

3-    Criação de linha com itinerário diferentes:  Como já acontecem em linhas das cidades de Paulínia, Hortolândia, Sumaré, Vinhedo e Valinhos com destino a Campinas; a sugestão é a criação de uma linha entre Indaiatuba e Campinas que passe pelo centro da cidade e a Visconde de Indaiatuba

 Obs: Importante ressaltar que a Solicitação dessa Comissão, em todos esses casos pedem que os horários de embarque da antiga rodoviária sejam respeitados e repetidos na nova Rodoviária, principalmente para a linha 601 para atender aos trabalhadores do Aeroporto de Viracopos que iniciam sua jornada de trabalho às 06 da manhã.

A sugestão dessa Comissão é que os ônibus das linhas 600,601,951 e 738 partam da Nova Rodoviária com 15 minutos de antecedência, ao atual horário, em direção aos pontos próximos a rodoviária antiga

 

 



Hoje: Danilo está contando com você!

Danilo Zanini precisa do seu apoio na petição «Assine para mudar o itinerário das linhas 600, 601 e 738 voltando a passar na rodoviária antiga». Junte-se agora a Danilo e mais 716 apoiadores.