Manifesto para esclarecimento sobre “Hub” de Transporte Marítimo na ilha do Maio

Manifesto para esclarecimento sobre “Hub” de Transporte Marítimo na ilha do Maio

0 have signed. Let’s get to 500!
At 500 signatures, this petition is more likely to be featured in recommendations!
Nelson Ramos started this petition to Assembleia Nacional de Cabo Verde and

Manifesto para esclarecimento sobre a notícia ‘ “Hub” de Transporte Marítimo na ilha do Maio’ veiculada pela Câmara Municipal de Maio nesse tempo de pandemia de Covid-19.

No dia 11 de junho do ano corrente a Câmara Municipal de Maio noticiou que foi a “escolha do Governo em realizar viagens interilhas a partir do Maio” e que “a estratégia de transformar o Maio num “hub” dos transportes marítimos veio na sequência do que foi delineado em 2016, entre a Câmara Municipal e o Governo Central”.

Esta notícia originou duas grandes inquietações: primeira, a população maense está apreensiva e bastante preocupada com a repentina decisão do governo em relação ao estabelecimento das viagens interilhas nesta atual situação  de pandemia mundial; segunda, sem qualquer comunicação prévia à comunidade e nem a sua publicação no Boletim Oficial, o “hub” marítimo do Maio parece uma falácia que apenas faz troça aos anseios da população maense que tanto espera por um porto com condições que resolve o grande problema de acessibilidade de e para o Maio.  


A decisão da realização de viagens interilhas que faz do Maio o ponto de embarque e desembarque de passageiros de todas as ilhas é inoportuna por causa da luta que Cabo Verde e mundo enfrentam contra a propagação do  Covid-19. 


Esta decisão não teve qualquer comunicação prévia à população no sentido desta se preparar para aproveitar as oportunidades económicas que a grande movimentação de pessoas na ilha pode gerar.


Sabendo que o número de pessoas infectadas com o Covid-19 está a aumentar na vizinha ilha de Santiago e a surgir em outras ilhas, vemos e sentimos 

uma grande preocupação dos maenses em relação a esta medida do governo em promover viagens interilhas a partir do Maio por ser um grande risco de propagação do vírus do Covid-19 para a população residente.


No Maio a população não falhou em ser aliado do governo nesse combate.  A medida do governo em promover viagens interilhas a partir do Maio não faz jus a todo esse esforço que a população do Maio tem feito porque facilita a entrada do Covid-19 no Maio. A ilha só registou os primeiros casos 3 meses depois da chegada do vírus a Cabo Verde, precisamente por causa da reduzida entrada de pessoas nestes últimos tempos. Por isso neste momento, todas as medidas devem ser no sentido de reduzir a sua propagação.

Por outro lado, em relação ao Porto do Maio, a população tem estado sempre a clamar pelas melhorias das condições de acessibilidade. Ao longo dos anos o Porto Inglês tem sido considerado pouco apropriado para receber embarcações. Segundo o Boletim Estatístico de Enapor (2019) este está em último lugar a nível da movimentação total de navios por portos e que é o único  do país que não teve tráfego longo curso de navios cruzeiros em 2019. Sendo o Porto Inglês o quinto a nível de movimentação de passageiro entre os nove portos de Cabo Verde, é evidente que as condições básicas para um bom serviço aos passageiros devem ser criadas, nomeadamente,sala de espera, casas de banho, refeitórios, e outras infraestruturas portuárias.  

Portanto a implementação de um hub dos transportes marítimos no Maio requer claramente um grande investimento no porto para criar todas as condições para um verdadeiro serviço de hub dos transportes marítimos. É igualmente necessário uma agência para a gestão do hub no Maio.

Estando preocupados com a nossa ilha e querendo dar o nosso contributo no seu desenvolvimento, viemos não só mostrar o nosso descontentamento, mas também apresentar soluções que achamos ser relevantes e úteis para alcançar o maior dos nossos objetivos, o bem da nossa ilha, sendo esses: 

  1. Auscultar a população local a fim de conhecer as suas propostas de melhorias que condizem com a sua realidade (antes da implementação do projeto) e/ou a devida socialização do projeto com brevidade.
  2. Investir igualmente nos recursos humanos locais para que os maenses possam usufruir de melhor forma deste projeto, como exemplo a mão de obra local na execução/construção, profissionais de diversas áreas, como turismo, saúde,etc.
  3. Criar meios de acesso unicamente para transportes de doentes em casos de evacuação de emergência para a cidade da Praia.


Se viagens interilhas a partir do Maio é uma realidade hoje, o hub dos transportes marítimos no Maio está ainda no domínio dos sonhos e da esperança do povo maense que pede esclarecimento ao governo sobre a veracidade da notícia da “escolha” do Maio para ser “hub” dos transportes marítimos. A sua devida publicação e oficialização  no Boletim Oficial do Estado, bem como todo o investimento necessário para transformar o porto do Maio num verdadeiro hub dos transportes marítimos seria o sonho tornado realidade, após décadas de instabilidade em termos de acesso de e para o Maio. 

A permanência da ilha do Maio como centro “hub” das viagens interilhas em Cabo Verde demonstrará o respeito pelos Maenses.

0 have signed. Let’s get to 500!
At 500 signatures, this petition is more likely to be featured in recommendations!