DIGA NÃO AO RRF DO RIO GRANDE DO SUL!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


O Regime de Recuperação Fiscal proposto pelo governador José Ivo Sartori apenas empurrará a dívida do estado para a próxima Administração, porém, como uma bola de neve, a dívida estará muito maior.

Acreditamos que o governo deveria estar correndo atrás do que é de direito do gaúcho (Lei Kandir) ao invés de se dobrar ao governo federal e se comprometer a privatizar o nosso patrimônio. 

Enquanto representantes do Legislativo e Judiciário foram a Brasília lutar pelos direitos do RS e cobrar a dívida do governo federal com as perdas da Lei Kandir, o chefe do Executivo se reunia com o presidente da República para entregar a proposta de adesão ao regime que retira do RS o direito de receber o que o governo federal nos deve e aumenta a dívida do Estado com a União.

Além disso, suspender nomeações de novos servidores aprovados em concurso causará sucateamento do Serviço Público, prejudicando ainda mais os serviços prestados ao cidadão gaúcho por conta do déficit de pessoal decorrente de aposentadorias e evasões (servidores que não suportaram mais ter seus salários parcelados e deixaram o serviço público). Nesse ponto, o RRF deveria ao menos ser emendado, para que permitisse a nomeação de novos servidores para cobrir as aposentadorias ou exonerações, além de prever a nomeação de novos servidores em concursos com já vigentes.

Estão querendo jogar o cidadão contra o servidor, com o apoio da mídia, tentando passar a imagem de que o problema do RS, e do Brasil, é o servidor público, quando na verdade o que temos são bilhões em inadimplência das grandes empresas, renúncias fiscais, e incentivos para os grandes enpresários.

Diga NÃO ao RRF e cobre uma política séria para tirar o nosso estado da crise, dá pra fazer!



Hoje: Alex está contando com você!

Alex Lemos precisa do seu apoio na petição «Assembléia Legislativa - RS: NÃO AO RRF DO RIO GRANDE DO SUL». Junte-se agora a Alex e mais 4.906 apoiadores.