#JustiçaPorBeto

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


Nessa quinta-feira (19), um dia antes do Dia da Consciência Negra, João Alberto, 40 anos, teve um desentendimento com uma funcionária do supermercado Carrefour de Porto Alegre. A vítima foi conduzida para fora do estabelecimento, aonde foi espancado até a morte por dois seguranças.