Apenas 800 metros de asfalto. Você pode mudar a realidade de dois municípios!

Apenas 800 metros de asfalto. Você pode mudar a realidade de dois municípios!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!
Com 1.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!

LeBem Espaço Comunitário criou este abaixo-assinado para pressionar Clovis Volpi - Prefeito de Ribeirão Pires e

No ano de 2009, ou seja, há exatos 12 anos, foi deferida a destinação de verba pública para a pavimentação da Avenida Batista Cerezoli, no Município de Ribeirão Pires, correspondente a um trecho de aproximadamente 800,00 ms (oitocentos metros).

Este requerimento, portanto, não se propõe a convencer as autoridades públicas para análise de um pedido, mas, tão somente, para que atentem a não utilização de verba aprovada e que, evidentemente, não foi utilizada em prol da comunidade que dela tanto necessita, impondo a essa população a utilização de importante via de forma precária, observada a grande dificuldade do trânsito de pedestres em dias de chuva, ocasião em que a ‘avenida’ fica praticamente intransitável.

Note-se que, de lá para cá, inúmeros requerimentos foram apresentados às autoridades, dezenas de reuniões realizadas com associações da região, audiências solicitadas a Secretários de Estado e Prefeitos do Município de Ribeirão Pires, além das várias matérias veiculadas na imprensa, com especial destaque para a veiculada no Diário do Grande ABC, que noticiou a situação de abandono dos moradores locais e a dificuldade dos transeuntes.

Todos esses esforços, infelizmente, não surtiram efeito.

Será que é importante exigir pavimentação de uma avenida em tempos de pandemia?

A resposta é afirmativa, por cinco motivos:

(i)            a Avenida Batista Cerezoli é uma importante interligação entre os municípios de Mauá e Ribeirão Pires;

(ii)           referida avenida serve de acesso da comunidade para escola pública e posto de saúde;

(iii)         porque, não bastasse o sofrimento dos munícipes das duas localidades, destinatários também desta grave crise sanitária que assola o país e o mundo, e que vem gerando desemprego e/ou diminuição da renda de várias famílias, a ausência do poder público nessa região está afetando gravemente o acesso pela população aos relevantes serviços oferecidos gratuitamente pela associação (LEBEM – ESPAÇO COMUNITÁRIO – www.lebem.org.br incrustrada entre os dois municípios, e que presta importante ação social à comunidade que vive no seu entorno;

(iv)         porque a LeBem oferece de forma gratuita à população acesso a Centro de Convivência com lanhouse, sala de jogos, biblioteca, além dos seguintes cursos e atividades: plantão psicológico, indicação e realização de cursos técnicos e de empreendedorismo, produção de alimento agroecológico e entrega de cestas básicas para famílias em situação de dificuldade financeira e, por fim, mantém importantes parcerias com: SENAC, SEBRAE, Bravus Music, Tibits Educacional, Ideia Natural e Geração Crescer

(v)           porque a ausência de atenção do Poder Público contribuiu com outras problemas correlacionados, dentre eles: ausência de calçamento, transporte público, saneamento básico, despejo de entulhos recorrentes e iluminação precária.

É um despropósito, para dizer o mínimo, esta apatia do Poder Público, e que muito vem afetando uma Associação independente, que não faz uso de  verba pública para a sua subsistência, mas que, infelizmente, não consegue ajudar essa comunidade esquecida, cumprindo observar, mais uma vez que, quando as condições climáticas são adversas, o acesso dessa população à Associação fica impedido, deixando várias famílias de receber  cestas básicas, bem como usufruir dos cursos e atividades gratuitas que a LeBem oferece.

Para que essa esdrúxula situação que inibe e, não raras vezes, inviabiliza importante atividade comunitária para os munícipes de Mauá e Ribeirão Pires, rogamos para que as cidadãs e cidadãos solidários assinem a presente petição, visto como única forma de sensibilização dos gestores locais e estaduais, únicos capazes de modificar essa triste realidade.

Com o seu apoio poderemos modificar a realidade dessas brasileiras e brasileiros que, em pleno 2021, ainda não tem acesso a infraestrutura básica.

O asfaltamento desse trecho de cerca de 800,00 metros da Avenida Batista Cerezoli, no Município de Ribeirão Pires, poderá ser capaz de pavimentar o caminho da população carente não apenas a cursos e serviços gratuitos, mas ao futuro!

Participe desta causa! Mobilize pessoas em suas redes sociais para que também assinem esse requerimento.

Aos Prefeitos do Município de Ribeirão Pires e Mauá

Ao Governador do Estado de São Paulo

A população de Ribeirão Pires e Mauá clama para que a obra de pavimentação da Avenida Batista Cerezoli seja tratada como prioridade, pois essa medida básica de infraestrutura também irá colaborar para a mitigação dos graves problemas gerados por esta crise sanitária que assola nosso país.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!
Com 1.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!