APOIO AO COMÉRCIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS/PR.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Os comerciantes, lojistas, pequenos, médios e micro-empresários de São José dos Pinhais/PR, bem como colaboradores dessas empresas e cidadãos que direta ou indiretamente são afetados pela suspensão total das atividades das mesmas, fazem um apelo ao governo municipal, especialmente à prefeita Nina Singer e o Secretário da Indústria, Comércio e Turismo Adriano Melim, na esperança de que os prejuízos financeiros sejam minimizados durante a instalação de novos protocolos de combate à Covid-19, para que prejuízos maiores, humanos possam ser evitados. 

A proibição das atividades não essenciais acarreta prejuízos tais que podem levar à falência de muitas empresas de pequeno porte, que há um ano vêm lutando para honrar com seus deveres junto à funcionários, fornecedores, impostos governamentais e pagamento de aluguel dos pontos aos proprietários dos imóveis. 

Principalmente nas duas primeiras semanas de cada mês, é vital que possam funcionar mesmo que em horário reduzido. É o período do mês do qual depende a maior parte do faturamento. Muitos estabelecimentos estão com seus estoques cheios de produtos que ficarão encalhados caso sejam proibidos de abrir as portas. 

Todos estão cientes de que o esforço e sacrifício coletivos são necessários para a contenção da crise na área da saúde. Também é de conhecimento de todos que não foi o funcionamento do comércio que causou o aumento vertiginoso dos casos de Covid-19, mas sim as aglomerações irresponsáveis durante os feriados, em reuniões e festas clandestinas sem fiscalização, etc. Um exemplo de aglomerações recentes foi o "feriado" de Carnaval, que poderia muito bem ter sido usado para lockdown. 

Tendo em vista o abandono pela Administração Pública Municipal, o gravíssimo e iminente encerramento de suas atividades em razão dos constantes fechamentos trazidos pela Prefeitura, é que fazemos este abaixo assinado para medidas de relativização já do Decreto Governamental. O apelo da classe se resume a "Não aguentaremos mais lockdowns! Nosso grito de socorro precisa ser ouvido! Precisamos de medidas públicas de retomada, incentivo e auxílio!" 

Representando os médios, pequenos e micro-empresários, bem como prestadores de serviço de São José dos Pinhais e seus respectivos colaboradores, subscrevemo-nos atenciosa e respeitosamente