Evitemos 100​.​000 mortes por COVID19; deixemos que os governos tomem medidas.

0 personas firmaron. ¡Ayuda a conseguir 1,000!


Nós latino-americanos vivemos com medo, hoje somos o epicentro da pandemia da COVID-19 no mundo, com 7.000.000 casos confirmados e 270.000 mortes em 27 de agosto de 2020. Os governos devem agir urgentemente com medidas baseadas em evidências científicas, para que até 100.000 vidas possam ser salvas.

  1. Retomar as atividades econômicas de forma planejada, com base em evidências científicas com medidas confiáveis.
  2. Implementar um plano de preparação e resposta para limitar a perda de vidas.
  3. Evite a disseminação de mensagens contraditórias e confusas.
  4. Expandir o acesso aos testes para diagnóstico oportuno dos casos de COVID-19.
  5. Acompanhar as pessoas infectadas e seus contatos.
  6. Assegurar o acesso universal e gratuito aos cuidados de saúde.
  7. Promover o  uso correto das máscaras protetoras.
  8. Comunicar à população os cuidados pessoais que eles devem adotar para evitar a infecção.
  9. Diante de uma crise econômica sem precedentes, combater a fome e fornecer ajuda alimentar.
  10. Implementar medidas para preservar o progresso feito no controle do HIV, tuberculose, malária, dengue, cólera e outras doenças infecciosas transmissíveis.
  11. Garantir o acesso e a disponibilidade de equipamentos de proteção individual (EPI).
  12. Promover a conscientização da sociedade para prevenir o estigma e a discriminação em relação aos trabalhadores da saúde, pessoas infectadas pela COVID-19 e aquelas que já se recuperaram.

A AIDS Healthcare Foundation (AHF), é a maior organização mundial de combate à AIDS, atualmente fornece assistência médica e serviços a mais de 1,4 milhões de pessoas em 45 países em todo o mundo, viu em primeira mão o impacto que outras epidemias como o Ébola, Zika e SARS tiveram na população mundial; e agora com o a COVID-19, as coisas não podem continuar assim.

#SemTempoAPerder é uma iniciativa em que a AHF provoca os governos dos países latino-americanos para implementarem um plano de resgate unificado para agir diante da crise da COVID-19, antes que a catástrofe tenha conseqüências geracionais.  

Não vamos deixar que a COVID-19 se torne uma lição dolorosa como foi o HIV/AIDS nos últimos 30 anos. Junte-se a nossa iniciativa e peçamos aos nossos governos: estratégia, unidade e comunicação para enfrentar esta pandemia.

Lutemos pela vida e saúde de todas as pessoas na América Latina e Caribe, independentemente de idade, sexo, origem étnica ou status sócio-econômico.

Assine nossa petição e nos ajude a compartilhar este chamado.

Saiba mais emhttps://semtempo.org/