FRENTE CEARENSE EM DEFESA DO DNOCS

Aldo J.F.R Dantas
Sua reestruturação é inadiável para sobrevivência do DNOCS, por ser uma Autarquia Federal cuja área de atuação abrange a zona semiárido do Nordeste, que se estende do estado do Piauí ao norte de Minas Gerais e a bacia do rio Parnaíba no estado do Maranhão, que sobremaneira vem a disponibilizar uma Gestão do Conhecimento Cientifico e Prático através dos tempos. O DNOCS até mesmo pelo seu tempo de existência, passado, presente e porque não mencionar no futuro, mesmo com seu sucateamento e falta de recursos humanos e financeiros, não deixou de cumprir suas atribuições em especial a de fixação do povo sertanejo no seu habitat natural e convivência com os períodos de instabilidades pluviométricas, características da Região Semiárida do Nordeste Brasileiro, continua a ser uma das instituições Públicas Nacionais que conforme dispõe a sua legislação básica, tem por finalidade, executar a política do Governo Federal, no que se refere a:
a) beneficiamento de áreas e obras de convivência e proteção contra as secas, enchentes e inundações;
b) irrigação;
c) radicação de população em comunidades de irrigantes ou em áreas especiais, abrangidas por seus projetos;
d) desenvolvimento de recursos hídricos regionais, através de estudos, projetos e construção de obras de açudagem e perfuração e instalação de poços e dessalinizadores de água;
e) aproveitamento de recursos hídricos, com a implantação de projetos de irrigação, desenvolvimento da aqüicultura intensiva e extensiva e obras de abastecimento urbano e rural;
f) promoção de ações visando à regeneração de ecossistemas hídricos e de áreas degradadas e estudos, pesquisas e difusão de tecnologias destinadas ao desenvolvimento sustentável de sua área de atuação.
h) subsidiariamente, outros assuntos que lhe sejam cometidos pelo Governo Federal, nos campos do saneamento básico, assistência às populações atingidas por calamidades públicas e cooperação com os Estados e Municípios;
E nesses 110 anos de existência, produziu tecnologias, desenvolveu técnicas as mais diversas e produziu conhecimentos em distintas áreas do conhecimento como na geotecnia, na hidráulica, na hidrologia, na piscicultura ( Extensiva e Intensiva), na hidrogeologia, na botânica, na engenharia de barragens, dentre outras.

2 years ago
Shared on Facebook
Tweet