Diga NÃO a privatização do Complexo do Ibirapuera-SP

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Mesmo após a aprovação do Projeto de Lei 91/2019, atletas, ex-atletas, professores e moradores do bairro continuam lutando pela manutenção da finalidade do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães. Oferece gratuitamente várias modalidades esportivas visando o desenvolvimento social e a formação de atletas de alto desempenho. Nossa luta contra a privatização do Ginásio do Ibirapuera é para que o Governador João Doria volte atrás em sua proposta de privatização. O que evitaria a promulgação da lei que concede a exploração do complexo por 35 anos sem nenhuma garantia para os atletas. Foi feito o pedido de tombamento que tramita no Condephaat por conta da importância histórica e arquitetônica do conjunto. O Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães tem uma área total de 105 mil metros quadrados, composto por áreas distintas como: Ginásio do Ibirapuera; Ginásio Mauro Pinheiro; Estádio Ícaro de Castro Mello; Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo; Palácio do Judô; 2 Quadras Poliesportivas; Prédios Administrativo e Estacionamento para mais de 550 veículos. O conjunto possui 1 Alojamento para 340 pessoas; 3 Auditórios para 300 pessoas; 3 Salas de Condicionamento Físico; Sala de Arco e Flecha; 1 pequena Pista de Corrida e  Parque para Recreação. Recebe o nome de um dos mais respeitados homens do esporte nacional: Constâncio Vaz Guimarães, advogado e procurador fiscal que dedicou 46 anos de vida ao esporte. Decatleta, profundo conhecedor do atletismo, que, entre outros feitos de destaque, foi nomeado Presidente da Delegação Olímpica nos jogos de Berlim, em 1936. É uma obra que orgulha muito a população e atletas do Estado de São Paulo, não podemos deixar a história esportiva da nossa cidade acabar, vamos lutar para que todo esse espaço destinado a treinamento de atletas de alto rendimento e outras atividades esportivas aberta a população não venha  abaixo com essa nova politica administrativa.