PELA PRESERVAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS , DÓRIA QUER SAO PAULO COMO UMA MICROEMPRESA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Entenda como a Reforma da Previdência afeta a sua vida. 
Governador João A. Doria apresentou em São Paulo uma proposta de reforma da previdência aos moldes do projeto nacional de Bolsonaro e Paulo Guedes. Entre os ataques, o governador aumenta a idade mínima para aposentadoria, aumenta a alíquota de contribuição de 11% para 14%, retira os valores mínimos da pensão.

 

Além disso, diminui em 50% a pensão por morte e mais 10% para cada dependente. As e os professores do Estado, por exemplo, que antes tinham que contribuir até 55 anos, no caso dos homens, e 50 para mulheres, passarão a trabalhar até os 60 e 57 anos,respectivamente.  E ainda podem ter o seu salário transformado emsubsídio, retirando o quinquênio e a sexta parte. Sabemos também que qualquer mudança social ou econômica que favoreça os mais ricos, prejudica muito mais os que estão na base. Assim, a reforma da previdência atinge de forma muito mais brutal as mulheres, por exemplo, desconsiderando as duplas e triplas jornadas das servidoras. Doria é inimigo do povo e dos trabalhadores! Nos ajude a divulgar esse absurdo, diga não à reforma da previdência estadual! Lembre-se, que independente da classe social, você sempre precisará de algum serviço público; como saúde ou segurança em uma situação de urgência, você aciona a polícia ou vai dar entrada em um hospital público para os primeiros socorros. Somos a verdadeira engrenagem que faz este estado funcionar e ser a referência na américa latina.