#64nuncamais

#64nuncamais

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 35.000!
Com 35.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!

Centro Acadêmico 22 de Agosto criou este abaixo-assinado para pressionar ALESP e

O Centro Acadêmico 22 de Agosto, entidade representativa dos estudantes de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, gestão Reconvexo, por meio deste abaixo-assinado, busca impedir a votação e implementação do Projeto de Resolução nº 16, de 2020. O Projeto de Resolução nº 16, de 2020, atualmente, tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Este pretende criar a "Medalha de Mérito da Segurança Pública Deputado Erasmo Dias".

De acordo com o projeto, Erasmo Dias "Merece destaque sua notória participação no Movimento de Março de 1964, quando a sociedade reconhecia o Exército, na figura de Erasmo Dias, como a força que pôs fim a anarquia comunista." Na realidade, o "Movimento de Março'' se trata do Golpe de Estado de 1964, que instituiu a Ditadura Militar no Brasil, a qual promoveu anos de censura, violência e sofrimento ao povo.

Nesse mesmo contexto, em 22 de setembro de 1977, o coronel Erasmo Dias ordenou a invasão da PUC-SP, campus Monte Alegre, afirmando que “É proibido falar. Só quem fala aqui sou eu”. Mas a PUC-SP nunca se calou. Na ocasião, a Pontifícia sediava o 3º Encontro Nacional dos Estudantes, proibido pelo governo militar. Em razão dessa invasão, estudantes  foram presos, fotografados, tiveram impressões digitais retiradas e foram fichados pelo DOPS, sendo que alguns foram processados por meio da Lei de Segurança Nacional. Há relatos, ainda, de pessoas que sofreram queimaduras graves, pois havia resíduos de plástico nas bombas soltadas pelos militares. 

É por isso que sua assinatura é mais que necessária para impedir a absurda homenagem a um torturador e assassino, que, claramente, não a merece. Junte-se a nós, não vamos permitir que enganem a população e nos levem a esquecer esses tempos sombrios! 64 Nunca Mais!

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 35.000!
Com 35.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!