Maurício de Sousa na ABL

Desde 1959, ele vem encantando gerações de crianças.

Milhões de pessoas aprenderam a ler com suas histórias.

Seus personagens são reconhecidos em diversos países, há décadas levando um pouco da cultura do Brasil aos quatro cantos do planeta.

Ele é Maurício de Sousa, o criador da Turma da Mônica, o maior quadrinista brasileiro de todos os tempos. Sua obra dispensa apresentações: está em revistas, desenhos, propagandas, cadernos, livros etc. Suas histórias, sempre pautadas por valores éticos e elementos da cultura popular, são a primeira forma de literatura de incontáveis pessoas, e continuam apreciadas por elas mesmo depois de adultas.

Já é hora de dar o devido reconhecimento a ele. E que melhor lugar para fazer isso do que a Academia Brasileira de Letras? Maurício criou um universo ficcional largamente reconhecido, que se tornou icônico. Numa época em que um dos maiores best-sellers mundiais é uma obra voltada para o público infanto-juvenil ("Harry Potter", de J. K. Rowling) e o próprio Prêmio Nobel reconhece outras formas de literatura (dado a Bob Dylan em 2016), é uma injustiça que a nossa Academia não reconheça um dos poucos artistas que é praticamente uma unanimidade nacional.

Vamos corrigir isso. Assine e vamos "imortalizar" Maurício de Sousa! 

 

 

This petition will be delivered to:
  • ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS


    Rodrigo Farias started this petition with a single signature, and now has 325 supporters. Start a petition today to change something you care about.