Liberação do Uso Medicinal da Cannabis para portadores de Fibromialgia

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Almas amigas a história que vos conto é a de milhares de indivíduos, a grande maioria mulheres de todas as idades, diagnosticadas com FIBROMIALGIA.     Como eu em particular fui diagnosticada em 1995, tive/tenho tempo de me manter informada e atualizada, aprendendo através de estudos e com a propia experiência da doença e também com os vários erros médicos cometidos por falta de conhecimento e ATÉ MESMO  do descrédito por parte dos profissionais da saúde, incluindo principalmente a utilização de medicações fortíssimas e seu múltiplos "DEFEITOS" COLATERAIS. Por se tratar de uma doença CRÔNICA invisível, com mais de 80 sintomas, INCLUINDO DOR 24 hs, torna-se IMPOSSÍVEL TER UMA VIDA "NORMAL", MUITO EMBORA NOSSA APARÊNCIA SEJA NORMAL.           Eu inclusive nunca parei de trabalhar, mas passei a não ter mais vida social e não poder praticar atividades prazerosas e com o tempo acabei sendo obrigada a parar de trabalhar, [por conta de vários erros médicos incluindo tratamentos inadequados] pois o NOSSO "PRAZO DE VALIDADE" diário, em termos de atividade, não é o mesmo de pessoas sem alterações orgânicas visíveis ou não.  Passamos a fazer parte dos grupos de pessoas consideradas "DIFERENTES", como gays e agregados, negros, gordos, deficientes e todos que estejam sujeitos a PRECONCEITO. ESTE ABAIXO ASSINADO É PARA ADQUIRIRMOS O DIREITO DO USO DA MACONHA MEDICINAL, sem que para isso tenhamos que comprar pela internet, onde cada um cobra quanto quer, explorando a situação desesperadora das pessoas e a dificuldade de médicos que não nos cobrem uma fortuna para nos dar uma receita. ESPERO E DESEJO DE TODO CORAÇÃO RECEBERMOS ESTA REALIZAÇÃO. GRATIDÃO

 



Hoje: MARIA está contando com você!

MARIA CAMARGO precisa do seu apoio na petição «ABRACE: Liberação do Uso Medicinal da Cannabis para portadores de Fibromialgia». Junte-se agora a MARIA e mais 528 apoiadores.