A nova FACHA?

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


NOVAS DIRETRIZES E AMPLIAÇÃO DO ENSINO SEMI-PRESENCIAL

Há poucos dias, o Diretório Central dos Estudantes da FACHA soltou um comunicado pontuando algumas alterações que vêm sendo feitas na instituição, dentre elas; a obrigatoriedade do Trabalho de Conclusão de Curso em grupo, a partir do próximo semestre, além da extinção das disciplinas Filosofia e Sociologia na modalidade presencial, só restando como alternativa o ensino à distância para ambas. A partir da repercussão da postagem e o retorno dos alunos (vide anexo) que se manifestaram, entendemos que também se faz necessário cobrar um parecer da própria instituição. É preciso trabalhar com o máximo de precisão possível: analisar os números e fazer com que eles apareçam.

Desde o começo, ficou bem claro o nosso posicionamento quanto a estas mudanças. Não somos favoráveis a QUALQUER decisão que venha influenciar no poder de escolha dos alunos, sobretudo à revelia destes.

Produzir o trabalho final com uma ou mais pessoas, bem como estudar apenas no espaço virtual, devem ser opcionais. Por isso, vimos por meio deste abaixo-assinado estabelecer um diálogo mais amplo e eficaz com o corpo discente, a fim de coletar não somente nomes, mas também ouvir sugestões, críticas e insatisfações individualmente. Nós, membros do DCE - Vladimir Herzog, acreditamos que a justificativa de avançar no mercado de trabalho (visando somente a formação de mão de obra, a partir de uma perspectiva tecnocrata) e ainda nos "familiarizar" com atividades em equipe (porque talvez QUATRO anos seja pouco) não faz sentido algum.

Desejamos que a faculdade tão potente que a FACHA sempre foi, volte a honrar os compromissos assumidos com seus estudantes e funcionários, dando continuidade ao legado do saudoso professor Hélio Alonso. Nosso principal objetivo é reivindicar maior transparência da referida entidade, não admitindo omissões de qualquer natureza para com as partes interessadas.

Nossa voz não será diminuída!