Investigue as denúncias de crimes ambientais em Porto Seguro e puna os responsáveis

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Em 2015-2016, a Bahia foi o estado onde houve mais desmatamento de Mata Atlântica, com 12.288 hectares desmatados, 207% a mais que no período anterior, quando foram destruídos 3.997 hectares de vegetação nativa.Três cidades do sul da Bahia –Santa Cruz de Cabrália, Belmonte e Porto Seguro– são responsáveis por metade desse total (dados da fundação SOS Mata Atlântica) 
Essas 3 cidades são área de atuação da 2ª promotoria de Justiça do Estado da Bahia.

Diversas denuncias realizadas por ONG's junto ao MP-BA na cidade de Porto Seguro não tem resposta sobre as ações, e raramente seus responsáveis são punidos.

Queremos que a 2ª promotoria de Justiça na cidade de Porto Seguro de resposta as denuncias realizadas junto ao órgão, respeitando a lei da Transparência e cumprindo seu papel na defesa do Meio Ambiente.

A impunidade é um convite ao crime, e a defesa do meio ambiente é um dever do Estado e um direito de todos.

MP-BA cumpra sua obrigação, investigue e puna os responsáveis por crimes ambientais em Porto Seguro



Hoje: Observatório Social está contando com você!

Observatório Social de Porto Seguro precisa do seu apoio na petição «2ª promotoria de Justiça do Estado da Bahia em Porto Seguro: Investigue as denúncias de crimes ambientais em Porto Seguro e puna os responsáveis». Junte-se agora a Observatório Social e mais 384 apoiadores.