APEF - Associação de Pais e Funcionários da Creche/Pré escola da USP

2,410 supporters

    Started 1 petition

    Petitioning Reitor USP, Vahan Agopyan, Superintendente da SAS, Gerson Yukio Tomanari, gr@usp​.​br gsas@usp​.​br

    Contratação imediata pela permanência da Creche USP! #crecheusp #crechemobizadausp

    Nós da Associação de Pais e Funcionários da Creche/Pré escola Central - APEF, pedimos ao Reitor da USP, Vahan Agopyan e ao Superintendente de Assistência Social, Gerson Yukio Tomanari, sensibilidade com a situação precária das Creches USP. Até 2016 eram 5 unidades de educação infantil. A partir de 2017 esse número foi reduzido para 2 unidades (Creche Saúde e Central). Essa drástica diminuição de unidades e perda de funcionários em todos os quadros, sobrecarrega e adoece os que permanecem, afetando o direito à educação infantil de qualidade, da creche que é modelo para muitas outras instituições, assim como a permanência estudantil e as famílias trabalhadoras da USP. Desde 2016, a Creche USP perdeu 60% dos seus educadores, por exemplo, e nenhum deles resposto. Todo projeto construído ao longo desses quase 40 anos está fragilizado, já impossibilitando a creche de abrir vagas para o berçário em 2020, o que gradativamente atinge diretamente a permanência da Creche USP, apesar de todos os esforços empreendidos até aqui pela equipe. Contratação imediata, cumprimento da lei de Profei e disponibilidade de uma caixa d'água em condições de uso, são necessidades URGENTES para manter a creche em condições de trabalho e segurança, imprescindíveis à educação infantil. Para entender melhor a situação da precariedade da Creche USP, leia a CARTA/ CONVITE ABERTA À COMUNIDADE DAS TRABALHADORAS E TRABALHADORES DA CRECHE. PELA PERMANÊNCIA DAS CRECHES DA USP VOCÊ SABIA QUE AS CRECHES DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO TÊM QUASE 40 ANOS DE EXISTÊNCIA E SÃO REFERÊNCIA NACIONAL EM EDUCAÇÃO INFANTIL DE QUALIDADE PARA OBRASIL?DURANTE TODOS ESSES ANOS AS CRECHES NÃO APENAS PRODUZIRAM SABERES NECESSÁRIOS PARA SUA PRÁTICA COTIDIANA. MAS FORAM UM CAMPO FÉRTIL DE PESQUISAS E ESTÁGIOSIMPORTANTES PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES FORMADOS PELA USP, CONTRIBUINDO  DIRETAMENTE PARA O CONJUNTO DE CONHECIMENTOS QUE COMPÕEM A CIÊNCIA PEDAGÓGICA.VOCÊ SABIA QUE AS CRECHES JÁ CHEGARAM A ATENDER 680 CRIANÇAS E HOJE ATENDEM POUCOMAIS DE 1OO?VOCÊ SABIA QUE A CRECHE CENTRAL (A MAIOR E MAIS ANTIGA DELAS) CONTAVA COM MAIS  DE 40 PROFESSORAS E HOJE ESTE NÚMERO FOI REDUZIDO PARA 24 EDUCADORES?A SAÍDA DESTES PROFISSIONAIS SE DEU POR UM CONJUNTO DE FATORES CONSTITUINTES DE UM PROCESSO DE ASSOLAMENTO DA REDE DE CRECHES (ATÉ HOJE) COORDENADAS PELA ASSISTÊNCIA SOCIAL DA USP:A DIMINUIÇÃO GRADATIVA DO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS;A DIMINUIÇÃO DA OFERTA DE VAGAS PARA NOVAS CRIANÇAS;A INEFICÁCIA NO TRATAMENTO DE PROBLEMAS INTERPESSOAIS SURGIDOS NO COTIDIANO DO TRABALHO  PEDAGÓGICO E ACENTUADOS NO CONTEXTO DE DESMONTE;A TERCEIRIZAÇÃO PAULATINA DE ALGUNS SETORES;O NÃO RECONHECIMENTO DA CARREIRA DOS PROFESSORES QUE ATUAM NESTAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO; COMPÕEM O CONTEXTO AUSTERO QUE BRIDA A EXISTÊNCIA NECESSÁRIA DAS CRECHES. NESTE MEIO ACADÊMICO,A UNIVERSIDADE TEM SE NEGADO AO DIÁLOGO DIRETO COM AS TRABALHADORAS E TRABALHADORES DAS CRECHES. A FALTA DE TRANSPARÊNCIA DIANTE DAS PERSPECTIVAS QUE SETEM FRENTE A CONTINUIDADE DESTAS UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL TRAZ COMO CONSEQUÊNCIA O ADOECIMENTO DE PARTE CONSIDERÁVEL DE SEU CORPO DOCENTE - É NESTE CONTEXTO DE TOTAL DESVALORIZAÇÃO DOS DIREITOS DA INFÂNCIA, DAS MULHERES (MÃES E TRABALHADORAS) E DOS TRABALHADORES COMO UM TODO, QUE CONVIDAMOS AS FAMÍLIAS DA COMUNIDADE INTERNA E EXTERNA A PAUTAREM A SITUAÇÃO DELICADA PELAQUAL PASSA AS CRECHES DA USP. EXIGINDO A CONTRATAÇÃO IMEDIATA E REPOSIÇÃO DO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS.

    APEF - Associação de Pais e Funcionários da Creche/Pré escola da USP
    2,410 supporters