institucional

Por que a Change.org precisa de dinheiro

Change.org Brasil
Jan 13, 2017

Desenvolvemos uma plataforma gratuita, disponível em 196 países, utilizada por mais de 165 milhões de pessoas em 12 línguas diferentes. Como? Com a sua contribuição

No meio de 2012, quase 5 anos atrás, lançamos a Change.org em português para brasileiros e brasileiras. Naquela época, pouco mais de 200 mil pessoas usavam o site para criar e assinar petições. Veja o quanto este número se multiplicou: hoje, somos mais de 8,5 milhões de pessoas mobilizadas!

Para a plataforma funcionar, é necessário muito trabalho. Quando você acessa um abaixo-assinado, assina, comenta, compartilha e recebe atualizações até saber que foi vitória, não imagina a estrutura super complexa que há por detrás: são mais de 200 engenheiros e especialistas em campanhas e comunicação em 17 escritórios pelo mundo. A Change.org hoje tem usuários em 196 países, é utilizada por mais de 165 milhões de pessoas em 12 línguas diferentes. É uma organização global que trabalha duro todos os dias para que qualquer pessoa mude o que quiser.

Mas de onde vem o dinheiro para manter essa estrutura?
De pessoas como VOCÊ, que usam a plataforma para se mobilizar.

Temos muitos planos par 2017. Queremos que o site seja cada vez mais acessível em novos locais, desenhar ferramentas que amplifiquem a voz de quem faz um abaixo-assinado, mecanismos de comunicação entre criadores, apoiadores e tomadores de decisão, assim como um aplicativo para smartphones que permita iniciar mobilizações em qualquer lugar.

Na América Latina, 13 pessoas integram as equipes de campanhas e oferecem assessoria e tutoriais gratuitos a mais de 20 milhões de usuários, em escritórios estabelecidos na Argentina, Brasil, Colômbia e México. Com a contribuição dos usuários, não apenas buscamos sustentar essas equipes, mas ampliar suas possibilidades de seguir oferecendo um serviço público e gratuito na região.

Mas por que nós fazemos tudo isso?
Porque acreditamos.

Acreditamos que podemos nos juntar para lutar por PROBLEMAS REAIS DAS PESSOAS. Na maioria das vezes, o que acontece em Brasília e nos gabinetes espalhados por todas as cidades é menos urgente do que um filho doente, uma escola sem infraestrutura, uma praça sem acesso para cadeirantes e um animal que sofre maus tratos.

É para isso a Change.org serve. E é por isto que te pedimos ajuda. Se cada um der um pouquinho, a plataforma se mantém aberta, independente, neutra e alinhada à missão de empoderar todas as pessoas.

Contribua e nos ajude a continuar existindo em 2017